prazo:

VIII CLIPP – Concurso Literário de Presidente Prudente – Ruth Campos

O CLIPP, Concurso Literário promovido pelo Governo de Presidente Prudente, com organização e coordenação da Secretaria Municipal de Cultura – SECULT, através da Biblioteca Municipal Dr. Abelardo de Cerqueira César, tem como objetivo principal o incentivo à criação literária através da revelação e valorização de novos talentos.

1- Inscrições:

As inscrições estarão abertas até 31 de maio de 2014, a escritores maiores de 14 anos;

Cada participante poderá se inscrever gratuitamente com até 03 obras inéditas de tema livre, em cada uma das modalidades: CONTO,CRÔNICA E POESIA;

Os trabalhos devem ser digitados em Língua Portuguesa, fonte Times New Roman, tamanho 12, com no máximo, 02 (duas) laudas cada e assinados apenas com o pseudônimo do autor;

Siga @benfazeja mantenha-se atualizado!

Não serão aceitos trabalhos que possuam apologia ao uso de drogas, conteúdo racista, preconceituoso, propaganda política ou intolerância religiosa;

O participante menor de 18 anos deverá apresentar, em anexo, uma autorização assinada pelo responsável legal no ato da inscrição;

O concorrente que não possuir telefone ou e-mail para contato deverá fazer constar na ficha de inscrição: nome, endereço e telefone de pessoa responsável por contatá-lo (a) em caso de possíveis eventualidades;

As obras podem ser enviadas:

a-) Via postal (correio): em envelope contendo três cópias impressas de cada obra, a ficha de inscrição preenchida e uma cópia em CD, para a Biblioteca Municipal Dr. Abelardo de Cerqueira César, Rua Quintino Bocaiúva, 749- Vila Marcondes, CEP 19030-000 – Presidente Prudente – SP

b-) Via internet: por e-mail, em arquivos do Microsoft Word (.doc) com formatação em modo de compatibilidade (97 a 2003) para as versões do aplicativo 2007 a 2013, anexados individualmente, além da ficha de inscrição preenchida, para clipp@culturapp.com.br.

A ficha de inscrição pode ser encontrada no site www.culturapp.com.br

2- Julgamento:

A Comissão julgadora será formada por profissionais de reconhecida capacidade intelectual e suas decisões serão norteadas, de maneira irrevogável, não apenas pelo conteúdo poético e literário, mas também pela composição correta da linguagem e suas formas.

3- Premiação:

Os trabalhos selecionados serão publicados, sem custo para seus autores, em uma Antologia no formato 16x23cm, com aproximadamente 200 páginas. Os textos serão publicados em ordem alfabética, por nome de autor;Cada participante selecionado receberá como prêmio, 15 exemplares da obra antológica;

Fica assegurada a quantidade mínima de 50% da seleção a trabalhos de escritores locais, exceto se for constatado um reduzido teor qualitativo ou número insuficiente de participantes prudentinos. Nesta situação, as decisões complementares ficarão a cargo da comissão organizadora.

A entrega dos prêmios e o lançamento da obra acontecerão durante o Salão do Livro de Presidente Prudente. Após o evento os livros estarão à disposição dos premiados na Biblioteca Municipal Dr. Abelardo de Cerqueira César, onde poderão ser retirados até abril de 2015.

Cada autor poderá receber apenas uma premiação.

4- Disposições finais:

Ao realizar a inscrição, o candidato manifesta pleno acordo com o regulamento do Concurso e autoriza, para todos os fins, a divulgação e publicação de seu nome e trabalho(s) inscrito(s).

Os textos serão publicados com o nome do autor (indicado na ficha de inscrição), exceto quando o autor manifestar interesse que seu texto seja identificado apenas com o pseudônimo.

Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos pela Secretaria Municipal de Cultura.

Mais informações: Fones – (18) 3223-7554 / 3226-3399.

*

Fonte: culturapp

One comment

  1. Olavo fernandes rodovalho de oliveira Reply →

    Já faz algum tempo venho encontrado muita dificuldade para participar de algum concurso de contos devido a que eles restringem muito o tamanho do trabalho. Uma pagina, duas paginas , nao compreendo o porque é sempre reduzida a capacidade criadora em detrimento da praticidade da comissao julgadora.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*

VOLTAR