Concurso de Roteiros Rogério Sganzerla 2011/2012

1. O Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 premiará dois originais na categoria Roteiros: teatro e cinema, inéditos, redigidos em língua portuguesa. Os autores devem ser pessoas naturais do estado de Santa Catarina ou nele residentes há pelo menos três anos.

2. As inscrições para o Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 serão realizadas de 15 novembro de 2011 a 15 de janeiro de 2012, na secretaria da Direção Executiva da Editora da UFSC, no horário comercial, localizada no prédio da EdUFSC, Campus Universitário, Bairro Trindade, Florianópolis, SC. Serão aceitas inscrições por correio, contando a data de postagem, com material remetido para:
Editora da UFSC, Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012, Caixa Postal 476, Florianópolis, SC, 88010-970.

3. Os documentos necessários para inscrição são:

3.1.Três cópias impressas do original, contendo na folha de rosto apenas o título da obra e o pseudônimo do autor. A impressão deve ser em apenas uma face do papel e o formato da página deverá ser o seguinte: fonte tamanho 12, espaçamento 1,5 e todas as margens de 3 centímetros. Todas as páginas devem ser numeradas consecutivamente, a partir da folha de rosto, com numerais arábicos localizados no rodapé e centralizados. Cada cópia impressa deve ser encadernada com espiral (com ou sem capa plástica).

Acesse outros concursos

3.2.Envelope lacrado, identificado com o pseudônimo do autor e título do roteiro ou peça teatral, contendo os seguintes documentos: ficha de inscrição devidamente preenchida, cópia frente e verso de documento de identidade (em que conste localidade de nascimento) e, para as pessoas não naturais de Santa Catarina, comprovação de residência fixa de pelo menos 3 (três) anos (contas de água, luz, telefone, boleto de cartão de crédito etc., ou contrato de locação dos últimos três anos). O envelope lacrado do ganhador será aberto após a proclamação do resultado. Os envelopes lacrados referentes às obras que receberem menção honrosa da comissão ad hoc do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 também serão abertos após a proclamação do resultado. Os demais envelopes serão destruídos sem serem abertos.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

4. As obras devem ser inéditas, sem qualquer publicação anterior em quaisquer meios, inclusive eletrônico. A eventual identificação de publicação anterior desclassificará automaticamente a obra para o Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 ou acarretará a penalidade prevista na cláusula 15 deste regulamento para a obra vencedora.

5. Um autor pode concorrer com mais de uma obra, desde que feitas inscrições separadas, identificadas por pseudônimos diferentes.

6. Ao enviar sua inscrição, o autor estará manifestando que aceita os termos e condições deste regulamento.

7. Os originais inscritos serão avaliados por uma comissão ad hoc composta de três membros escolhidos pelo Conselho Editorial da EdUFSC, no período de 16 de janeiro de 2012 a 30 de abril de 2011.

8. A comissão ad hoc do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 terá total liberdade para deliberar sobre o mérito artístico das obras inscritas, classificando-as e indicando a obra vencedora, inclusive tendo a possibilidade de não premiar nenhuma, e fazendo menções honrosas se julgar pertinente.

9. A comissão ad hoc do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 será coordenada por um dos membros do Conselho Editorial da EdUFSC. O coordenador da comissão comunicará a decisão da comissão em correspondência lacrada endereçada à presidente do Conselho Editorial da EdUFSC, Secretária de Cultura e Arte da UFSC, assim que terminarem os trabalhos da comissão, no dia 2 de maio de 2012.

10. Não caberá qualquer tipo de recurso, por parte de quaisquer pessoas ou instituições, da decisão da comissão ad hoc do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012.

11. O resultado do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 será proclamado pela presidente do Conselho Editorial da EdUFSC na primeira reunião do referido conselho que ocorrer no mês de maio de 2012. No mesmo dia, o resultado será divulgado na internet, nas páginas da UFSC e da EdUFSC. Os autores das obras premiadas receberão correspondência da Direção Executiva da EdUFSC remetida ao endereço fornecido na ficha de inscrição.

12. Haverá apenas dois originais vencedores, um roteiro e uma peça de teatro, podendo a comissão ad hoc do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 fazer menções honrosas se julgar pertinente. As menções honrosas, se houver, serão comunicadas aos autores e divulgadas na internet, nas páginas da UFSC e da EdUFSC.

13. A premiação para as obras vencedoras do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 será a publicação pela EdUFSC, que deverá ocorrer ao longo do segundo semestre de 2012.

14. Os autores receberão, em conformidade com contrato a ser firmado com a EdUFSC, 10% (dez por cento) da tiragem das obras, entregues logo após a publicação, ou, se preferir, na forma da legislação em vigor, 10% (dez por cento) sobre as vendas dos exemplares. A tiragem da obra e o projeto gráfico serão decididos exclusivamente pela EdUFSC sem qualquer interferência do autor ou de terceiros.

15. Caso seja constatado o descumprimento da cláusula 4 deste regimento após a publicação das obras vencedoras, todos os exemplares serão recolhidos e os autores deverão ressarcir à EdUFSC todos os custos de produção dos livros, em conformidade com contrato a ser firmado entre EdUFSC e os autores, na forma da legislação em vigor.

16. Os originais inscritos no Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 não serão devolvidos.

17. Os casos omissos serão resolvidos em conjunto pela comissão ad hoc do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 e pelo Conselho Editorial da EdUFSC.

Fonte: Editora UFSC

IX Concurso Internacional de Ensayo Pensar

O concurso de Ensaio “Pensar a Contracorriente” tem como objetivo reconhecer e difundir o pensamento crítico sobre os problemas e desafios do mundo contemporâneo, a partir de uma ampla perspectiva antiimperialista e solidária.

1. Poderão participar autores de qualquer país com um ensaio inédito, redigido em espanhol, português, inglês ou francês (ou traduzido a alguma destas línguas), que não deve estar comprometido para a sua publicação nem ter obtido prémios noutros concursos.

2. O ensaio não deve ter menos de 20 laudas nem ultrapassar as 40. Uma lauda pautada está composta por 1800 caracteres (30 linhas de 60 caracteres cada uma) para um total admissível de 36 000 – 72 000 caracteres.

3. Não será aceito mais de um trabalho por autor.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

4. O ensaio deverá enviar-se antes do dia 15 de janeiro 2012 em arquivo adjunto (com qualquer extensão do documento para PC: preferentemente. rtf, também doc. ou ficheiros de formatos abertos, como .odt), só numa cópia e só numa mensagem, devidamente identificada com o nome e endereço do autor, bem como uma breve síntese de seu Curriculum Vitae, a este endereço electrónico: contracorriente@cubarte.cult.cu. O autor deve receber a confirmação por parte do Escritório do concurso, caso seu trabalho for recebido ou não, para considerar notificada a participação de seu texto no certame.

5. Um júri internacional outorgará um prémio consistente em 1000 Euros. Se outorgarão também as menções que o júri achar pertinente, sem que isto implique nenhuma retribuição monetária.

6. Publicar-se-á um Livro consistindo no ensaio premiado juntamente com uma selecção dos ensaios enviados. O Instituto Cubano do Livro reserva-se o direito da primeira edição dos textos participantes, reserva essa com um ano de validade, contado a partir do fechamento da convocatória.

7. O falho do Júri será inapelável e se conhecerá em Havana, no mês de fevereiro de 2012, no seio da Féria Internacional do Livro de Cuba.

8. A participação no concurso implica a aceitação destas bases.

Fonte: CENTRO DE ESTUDIOS LATINOAMERICANOS “JUSTO AROSEMENA”

Premio Literário Aldónio Gomes 2012

Departamento de Línguas e Culturas e Reitoria da Universidade de Aveiro .

Com o intuito de desenvolver o gosto pela leitura e pela escrita, a Universidade de Aveiro, através do seu Departamento de Línguas e Culturas, em parceria com a Reitoria, decidiu instituir em 2011, sob proposta da aluna Célia Alves Resende de Bastos, um Prémio Literário, que viria a receber o nome de Aldónio Gomes, com o intuito de honrar a memória deste insigne pedagogo e grande estudioso e divulgador da língua portuguesa e das Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, cujo espólio foi doado a esta Universidade
(ver nota biográfica em www.ua.pt/dlc).

REGULAMENTO

Artigo 1.º

Instituição, finalidade e âmbito

1. Este regulamento define as normas que regem o concurso PRÉMIO LITERÁRIO ALDÓNIO GOMES, instituído pela Universidade de Aveiro, através do seu Departamento de Línguas e Culturas, em parceria com a Reitoria, que tem como objetivos estimular a criação literária e a revelação de novos autores.

2. O resultado do concurso é divulgado anualmente, no dia 21 de março, e destina‐se a galardoar um inédito de autor português ou de país de língua oficial portuguesa, nas categorias de romance, novela, conto, poesia, teatro ou ensaio.

Siga @benfazeja mantenha-se atualizado!

Artigo 2.º

Natureza do Prémio

1. O prémio consiste na edição da obra e na doação de 20% de exemplares ao autor, não havendo lugar ao pagamento de direitos de autor, cuja tiragem, até 500 exemplares, é da responsabilidade das entidades proponentes.

2. A Universidade de Aveiro reserva‐se o direito de proceder à reedição da obra, segundo o regime previsto no número anterior, ou de autorizar a referida reedição em termos a acordar com o autor.

3. O lançamento da obra é feito em cerimónia pública, no dia 15 de dezembro, dia do aniversário da Universidade de Aveiro.

Acesse outros concursos

Artigo 3.º

Júri do concurso

1. O júri do concurso, presidido pelo Diretor do Departamento de Línguas e Culturas ou por um representante por ele designado, é ainda composto por cinco individualidades de reconhecida idoneidade e prestígio:

a) duas indicadas pelo Departamento de Línguas e Culturas;
b) duas indicadas pela Reitoria da Universidade de Aveiro;
c) uma indicada pela Câmara Municipal de Aveiro.

2. Não podem integrar o júri quaisquer intervenientes, diretos ou indiretos, nas obras a concurso.

3. As deliberações do júri são tomadas por maioria, tendo o Presidente voto de qualidade em caso de empate.

4. Da decisão final do júri não cabe recurso.

5. O júri deve apresentar um texto crítico da obra premiada para ser lido publicamente nas sessões de divulgação e de entrega do Prémio.

Artigo 4.º

Concurso

1. O concurso para atribuição do PRÉMIO LITERÁRIO ALDÓNIO GOMES é publicitado na imprensa e na página da Internet do Departamento de Línguas e Culturas (www.ua.pt/dlc).

2. São admitidas exclusivamente obras inéditas escritas em português, de autores portugueses ou de países de língua oficial portuguesa.

3. Da obra inédita a concurso, deve o autor entregar cinco exemplares, sujeitos às seguintes regras:
a) Texto impresso de um só lado, em formato A4, paginado e escrito a espaço 1,5, letra tipo Times New Roman, tamanho 12;
b) Páginas devidamente agrupadas e agrafadas ou presas por qualquer outro sistema;
c) Capa com o título da obra e o pseudónimo do seu autor.

4. Cada concorrente poderá apresentar mais do que um trabalho, desde que os envie separadamente e com pseudónimos diferentes.Artigo

5.º
Candidatura e prazo de entrega

1. A data limite para apresentação dos originais é o dia 31 de janeiro do ano em que decorre o concurso.

2. As obras a concurso podem ser enviadas por correio, registado e com aviso de receção, ou entregues em mão na Secretaria do Departamento de Línguas e Culturas, em envelope

fechado, com o seguinte endereço:
“Prémio Literário Aldónio Gomes”
Departamento de Línguas e Culturas da Universidade de Aveiro
Campus Universitário de Santiago
Universidade de Aveiro
3810‐193 AVEIRO

3. No envelope referido no número anterior deve estar um outro envelope lacrado, com o pseudónimo não conhecido escrito no exterior, e, no interior, a identificação do autor, o telefone, a morada e o endereço de correio eletrónico.

Artigo 6.º

Apuramento e classificação

1. O júri disporá de quarenta dias para proceder à apreciação e classificação das obras presentes a concurso.

2. Não há lugar a prémios ex aequo, reservando‐se o júri o direito de não atribuir o Prémio se considerar que nenhuma obra o justifica.

3. Tomada a decisão, o júri elabora uma ata final, publicitando o resultado do concurso no dia 21 de março de cada ano.

4. Os exemplares não premiados são entregues aos autores que os reclamem até 31 de maio do ano em que decorre o concurso.

5. Os exemplares que não tenham sido reclamados até ao dia 31 de maio são destruídos no dia 1 de junho do ano em que decorre o concurso.

Artigo 7.º

Informações

Quaisquer pedidos de informação devem ser dirigidos a:
Diretor do Departamento de Línguas e Culturas da Universidade de Aveiro
Campus Universitário de Santiago
Universidade de Aveiro
3810‐193 AVEIRO
Telef.: 00351 234370358
e‐mail: dlc.direccao@ua.pt

Artigo 8.º

Casos omissos
Os casos omissos e as dúvidas de interpretação são resolvidos pelo júri, de cuja decisão não
cabe recurso.

Artigo 9.º

Entrada em vigor
O presente regulamento entra em vigor na data da sua publicitação.

Aveiro, 10 de outubro de 2011

Fonte: Universidade de Aveiro

Concurso Literário Book.it 2012

Concurso voltado originais (romance ou novela, história de vida ou livro de contos) de autores portugueses que nunca foram publicados.

Os trabalhos devem ser enviados em CD-ROM para o endereço da editora (vide edital) até o dia 31 de janeiro, assinados com pseudônimos e acompanhados de ficha de inscrição e fotocópia do bilhete de identidade ou do cartão de cidadão.

O júri escolherá o melhor texto, que será editado e publicado pela book.it tendo o autor ganho de 10% sobre as receitas de venda.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

Resumo (leia ou baixe o edital completo aqui)

Acesse outros concursos

Fonte: Bookit e Bookit (.pdf)

BACK