X Jogos Florais de AVIS

1 – Os X Jogos Florais de Avis são uma iniciativa da AMIGOS DO CONCELHO DE AVIZ – ASSOCIAÇÃO CULTURAL, a que podem concorrer todos os cidadãos abrangidos pelo que se dispõe no presente regulamento.

2 – Só são admitidos a concurso trabalhos inéditos, redigidos em Português e nas seguintes modalidades:

*
* *

POESIA

A – QUADRA POPULAR – Tema

Tema: “A CRISE”

Em redondilha maior, de rima ABAB, uma quadra em cada folha.

B – POESIA OBRIGADA A MOTE

Mote
Quem a crise provocou
Está fora e sabe bem,
Que muito o pobre pagou
Na conta dele também

(João Velez Venâncio/Benavila – Avis)

Nota: não descurando outras formas de glosar o mote, daremos especial atenção ao tratamento em décimas.

C – POESIA LIVRE

Subordinada ao tema: “A CRISE”

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

*
* *

PROSA

CONTO subordinado ao tema: “A CRISE”

(Máximo de 3 páginas, escritas em tamanho 12, a espaço e meio de entrelinhamento).

*
* *

3 – De cada trabalho serão enviados três exemplares, dactilografados (à máquina ou em computador) em papel formato A4, de um só lado com caracteres de tamanho 12, sendo que apenas no conto o espaço entre linhas deverá ser de espaço e meio. Os trabalhos não poderão ser adornados com moldura ou qualquer outro adorno.

4 – Todos os trabalhos deverão trazer na primeira página a modalidade a que concorrem, terão que ser subscritos por um pseudónimo, devendo os respectivos autores, enviar anexo a cada trabalho, um envelope fechado com o pseudónimo dactilografado no rosto, e dentro, o nome, morada e número de telefone do Autor.

5 – Cada concorrente poderá apresentar dois trabalhos por modalidade, com excepção da QUADRA onde poderão ser apresentados três trabalhos a concurso, pelo que cada um será subscrito com pseudónimo diferente. Serão desclassificados os trabalhos que não sejam inéditos, isto é, que já tenham sido apresentados noutros concursos.

Acesse outros concursos

6 – O prazo de remessa dos originais (data de carimbo dos correios) termina em 05 de ABRIL de 2012 e deverão ser enviados, para:

X Jogos Florais de AVIS
Amigos do Concelho de Aviz – Associação Cultural
Praça Serpa Pinto, Nº11
7480 – 122 AVIS

7 – O não cumprimento do estipulado no presente regulamento, anula a apreciação dos trabalhos pelo júri, de cujas decisões não cabe recurso.

8 – As classificações serão tornadas públicas em 2 de Maio de 2012, sendo os concorrentes avisados por escrito.

9 – Haverá três prémios por modalidade, bem como as menções honrosas que o júri entender por bem conceder. Poderá, no entanto, deliberar a não atribuição de qualquer prémio, numa ou mais modalidades, se considerar que a qualidade dos trabalhos apresentados não é consentânea com a projecção que se pretende para esta iniciativa.

10 – A entrega de prémios aos galardoados terá lugar no dia 19 de Maio de 2012, em Avis, no Auditório Municipal Ary dos Santos, a partir das 14H30’.

11 – Estes Jogos Florais ficam interditos aos elementos do Júri e demais pessoas envolvidas na organização dos mesmos.

12 – Ao Júri cabe a resolução de qualquer ocorrência que não seja abrangida pelo presente regulamento.

Nota: regulamento aprovado em reunião de Direcção da ACA-AC em 22 de Dezembro de 20

*

Fonte: AMIGOS DO CONCELHO DE AVIZ – ASSOCIAÇÃO CULTURAL,

12º Concurso de Poesias da UFSJ

A Universidade Federal de São João del-Rei – UFSJ, através da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários – PROEX, promove o 12º Concurso de Poesias, para o qual solicita a sua preciosa colaboração na divulgação.

Art. 01 Poderão participar deste concurso poetas, escritores, professores e estudantes com idade mínima de 15 anos.

Art. 02 O participante poderá inscrever 01 (um) poema inédito, com tema livre, remetendo-o em um CD, que será usado para a publicação dos poemas selecionados e em 05 (cinco) vias impressas em papel A4, digitadas com espaço um e meio, fonte Arial, corpo 12 (doze), devidamente corrigido.

Parágrafo único Considera-se inédito o poema que não tenha sido divulgado em qualquer meio de comunicação, inclusive internet.

Art. 03 O poema deverá ser enviado dentro de envelope contendo, externamente, apenas o seguinte endereço:

12º Concurso de Poesias da Universidade Federal de São João del-Rei – UFSJ
Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários – PROEX
Praça Dr. Augusto das Chagas Viegas, 17 Largo do Carmo
36.300-088 São João del-Rei MG

Art. 04 Todas as folhas deverão conter apenas o pseudônimo no rodapé, sem assinatura ou qualquer tipo de identificação.

Art. 05 Um envelope menor (25×18.5), rigorosamente fechado, deverá conter as seguintes informações: Título da obra, pseudônimo do autor, nome completo, breve currículo, endereço completo e cópia do comprovante da data de nascimento, com indicação na parte externa apenas do título da obra e do pseudônimo do autor. Esse envelope será enviado dentro do envelope maior e só será aberto após o julgamento de todos os trabalhos pela Comissão de Seleção.

Acesse outros concursos

Art. 06 Será considerado inscrito para o concurso o poema enviado até o dia 13 de abril de 2012, valendo a data do carimbo postal.

Art. 07 Será conferida a seguinte premiação, em valores brutos, aos trabalhos classificados:

1º colocado – R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais);
2º colocado – R$ 1.100,00 (hum mil e cem reais);
3º colocado – R$ 800,00 (oitocentos reais)

1º ao 30º colocado: publicação de 01 (um) poema, em livro impresso pela Gráfica da Universidade, tendo o autor o direito a 10 (dez) exemplares, que deverão ser retirados na PROEX.

Art. 08 Os trabalhos serão selecionados por uma Comissão indicada pela Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários, composta por 03 (três) professores da Universidade e 02 (dois) convidados da comunidade.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

Art. 09 O resultado do 12º Concurso de Poesias será divulgado nas dependências da Universidade, pela internet e pela imprensa até a data de 31 de maio de 2012.

Art. 10 A premiação e o lançamento da edição do livro que reúne os trabalhos selecionados, realizar-se-ão no mês de julho de 2012, durante a 25ª edição do Inverno Cultural.

Art. 11 Os autores dos poemas classificados cedem os direitos autorais à UFSJ.

Art. 12 Os poemas enviados não serão devolvidos.

Art. 13 As decisões da Comissão de Seleção serão irrecorríveis, cabendo à mesma as decisões sobre os casos omissos.

*

Fonte: Universidade Federal de São João Del-Rei.

Jogos Florais Clube de Futebol “Os Bonjoanenses” / Faro

A organização destes Jogos Florais pelo Clube de Futebol “Os Bonjoanenses” Faro, enquadram-se nas comemorações do 77º aniversário do Clube visando homenagear o nosso sócio nº1 Sr. Emílio Vitório Santos, recentemente falecido.

1 – ADMISSÃO
1.1 – O concurso está aberto a nacionais e estrangeiros, desde que se exprimam em língua portuguesa.

2 – Os trabalhos devem ser inéditos e respeitar as regras da poesia, nas vertentes de poesia, nas variantes seguintes:
2.1 – QUADRA POPULAR – Tema livre
2.2 – POESIA LÍRICA – Tema livre (não se admitem sonetos nesta categoria)
2.3 – SONETO – Tema livre
2.4 – Glosando em Quadra (poesia obrigada a mote)
Motes:
a) Ai, se os teus olhos falassem
Que belas coisas diriam
Quem sabe, talvez cantassem
Quem sabe se chorariam…
Casimiro Brito – 3º prémio do concurso de quadras populares realizado no Bairro do Bom João em 24/6/56 (Faro)

b) Eu penso que os desvalidos
São, na miséria e na dor,
Filhos de Deus esquecidos
Ou filhos dum deus menor.
Fonseca Domingos (Faro) – Sem Sol

Havendo dois motes podem os concorrentes optar por a) ou b) ou a)+b) ou b)+a)

3 – PROSA – (Reportagem, entrevista, texto, artigo, crónica, conto)
3.1 – Apenas o texto e o conto serão de tema livre, os restantes (reportagem, entrevista, artigo e crónica) devem referir obrigatoriamente ou o Clube de Futebol “Os Bonjoanenses” Faro ou o Bairro do Bom João ou Personalidades relacionadas com um ou outro.
As obras a concurso deverão apresentar-se em papel branco, formato A/4, tipo de letra “Times New Roman”, espaço 2, tamanho: 12, observando-se o máximo de duas páginas por trabalho.
3.2 – Variantes: Deverão todos os trabalhos em todas as modalidades ser assinadas por pseudónimo e serem acompanhados de um envelope fechado, contendo no exterior o pseudónimo e a variante a que respeita e no interior a identificação do concorrente: nome como consta do bilhete de identidade ou cartão de cidadão, morada completa e telefone.
3.3 – O número máximo de trabalhos a apresentar será de três para cada modalidade e cada concorrente poderá apresentar trabalhos em todas as modalidades e estes serão remetidos conjuntamente num só envelope ou em separado em mais que um envelope, respeitando-se a separação dentro dos mesmos segundo a (s) modalidade (s) a que concorre.
Os trabalhos deverão ser remetidos em triplicado sendo cada um dos exemplares assinado com o pseudónimo do autor.

Acesse outros concursos

4 – CALENDÁRIO
4.1 – Recepção dos trabalhos – Os trabalhos a concurso poderão ser enviados pelo correio, sem remetente, terminando o prazo em 17 de Abril de 2012 (data de carimbo dos correios) e deverão ser enviados para:
Clube de Futebol “Os Bonjoanenses” Faro
Rua Dr. José de Matos, nº 89
8000-503 – Faro
Ou
Depositados no recipiente fechado colocado na Sede do Clube, igualmente sem remetente, até às 18 horas do dia 17 de Abril de 2012.
4.2 – Entrega de prémios – A entrega dos prémios aos autores dos trabalhos premiados será feita no dia 4 de Maio de 2012, no decorrer das comemorações dos 77º Aniversário do Clube.

5 – JÚRI – O Júri será constituído por três personalidades idóneas da área da cultura, de comprovada competência.
5.1 – Das decisões do Júri não haverá recurso, salvo em casos de plágio ou de trabalho não inédito devidamente comprovado.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

6 – PRÉMIOS – Haverá um prémio por modalidade, bem como as menções honrosas que o júri entender por bem conceder.

7 – DISPOSIÇÕES GERAIS – Apenas os concorrentes premiados serão avisados por escrito; – Os trabalhos não premiados serão destruídos, conservando o autor os seus direitos; – Os concorrentes premiados deverão nomear em caso de não comparência à recepção do prémio, um seu representante. O Júri é soberano nas decisões e, só a ele cabe a resolução de qualquer ocorrência que não seja abrangida pelo presente regulamento.

*

Fonte: Clube de Futebol “Os Bonjoanenses”

antologia EU, MONSTRO

Das Inscrições
a) Poderão se inscrever autores de qualquer estado ou país, desde que os textos sejam enviados em língua portuguesa, respeitando o acordo gramatical.
b) As inscrições, assim como a participação, em caso de aprovação dos textos, são gratuitas.
c) Textos enviados que não se enquadrem no regulamento e no universo ficcional da antologia EU, MONSTRO serão automaticamente desclassificados.

Das Regras para o Texto
a) A presente antologia EU MONSTRO é uma promoção da INFINITUM LIBRIS e EDITORA TECNOFANTASY e tem como principal finalidade estimular a produção de contos, formação e divulgação de novos autores.
b) Serão aceitos contos do gênero fantástico, podendo mesclar sub-gêneros, mas apreciaremos contos focados no terror psicológico e sobrenatural.
c) Os textos deverão ter um mínimo de 14.000 caracteres e um limite de 24.000 caracteres (contando os espaços), com a seguinte formatação: fonte arial tamanho 12, espaçamento de linhas 1,5 pontos.
d) Os contos devem ser inéditos. Caso o conto esteja publicado na Internet, deverá ser retirado da página durante o período de análise.
e) Não serão aceitos contos com elementos que pertençam ao universo já existente criado por outro autor(a).
f) Serão aceitos contos com elementos que pertençam ao universo já existente criado pelo próprio autor, desde que não seja necessária nenhuma outra leitura para compreensão do conto.
g) Não serão aceitos textos de conteúdo pornográfico, discriminatório ou com informações que visam a divulgação de produtos comerciais ou partidos políticos.
h) Cada autor(a) poderá enviar quantos contos quiser, porém, apenas um conto por autor(a) será publicado.
i) É obrigatório seguir as características descritas na página da chamada.

Atenção para a obrigatoriedade de escrever em primeira pessoa.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

Do Envio do Material
a) As inscrições começam dia 15 de janeiro, com o prazo final dia 15 de abril de 2012.
b) Os textos deverão ser enviados para o e-mail antologias@editorainfinitum.com.br No assunto do e-mail é OBRIGATÓRIO o seguinte padrão: Antologia Eu Monstro – Nome do Autor – Nome do Conto
c) Se o(a) autor(a) quiser enviar mais de um conto, deverá fazê-lo através do envio de e-mails separados.
d) O conto deverá ser enviado em anexo nos formatos .doc ou .odt. Não envie no corpo do e-mail ou em outros formatos.
e) Enviaremos um e-mail de confirmação do recebimento em até 5 dias. Caso não receba, entre em contato.

Acesse outros concursos

Da Seleção
a) Os textos serão selecionados pelos organizadores da antologia.
b) A avaliação se dará com base nos seguintes critérios: – criatividade e originalidade do enredo; – adequação do enredo ao tema do livro EU, MONSTRO; – qualidade dos recursos narrativos utilizados.
c) Não serão dados pareceres sobre os textos que não forem selecionados no que se diz respeito a critérios de seleção.
d) Não contarão pontos, a favor ou contra, publicações anteriores ou experiencia literária por parte dos autores.

Do Resultado
a) O resultado da seleção será divulgado 30 dias após o término das inscrições, podendo haver atrasos, através do site da Infinitum Libris e redes sociais. Os autores selecionados receberão e-mails informando-os da sua aceitação na antologia, após a divulgação na Internet.
b) Autores não selecionados para essa antologia NÃO receberão e-mails sobre a seleção.
c) A decisão dos organizadores quanto a seleção é soberana irrevogável.

Da edição
a) Os contos selecionados passarão por revisão e os organizadores reservam o direito de pedir alterações no texto conforme acharem necessário para melhorar o conto.

Dos Valores, Direitos Autorais e Forma de Publicação
a) O livro será publicado em e-book (ePub) e impresso pela Editora Tecnofantasy.
b) Os autores NÃO pagam para se inscrever ou publicar.
c) Os autores selecionados concordam com a utilização de trechos em qualquer outro meio que for conveniente à Infinitum Libris para fins de divulgação. A Infinitum não se responsabiliza em retirar os textos depois de publicados por qualquer que seja o motivo.
d) A soma de 60% das vendas de e-books será dividida entre o número de autores e organizadores.
e) O pagamento será efetuado via depósito bancário, trimestralmente.
f) Os autores selecionados serão consultados para decidir entre o pagamento em espécie ou em edições do livro.

Da Divulgação
a) A Infinitum Libris e os organizadores poderão e deverão utilizar os nomes dos autores convidados e selecionadas, para divulgar a obra, antes e depois de sua publicação.
b) Poderão ser solicitadas fotos, avatares e declarações dos autores (não sendo obrigatório) para produção de material de divulgação e/ou matérias e entrevistas em blogs e sites especializados e parceiros.

*

Fonte: Editora Infinitum

Concurso da Trofa – Conto Infantil

Quem pode participar: cidadãos dos países de língua oficial portuguesa e ainda cidadãos naturalizados e estrangeiros cuja permanência no país esteja devidamente legalizada

Categoria: conto infantil

Serão concedidos os seguintes prémios:
Prémio Matilde Rosa Araújo: 1.500 Euros ao melhor conto infantil

Curta e mantenha-se atualizado!

Prémio Lusofonia: 400 Euros para o melhor contos de cada país não contemplado com o Prémio Matilde Rosa Araújo.
Prémio Ilustração: 500 euros para melhor ilustração baseada em trechos da obra de Matilde Rosa Araújo (ver regulamento).

Acesse outros concursos

Siga @benfazeja mantenha-se atualizado!

Envio: Enviar via Correios para as Casas de Cultura ou Centros Culturais portugueses nos países de origem. (ver regulamento)

Entrega de trabalhos até 21 de Abril de 2012.

Fonte: C. M. Trofa

Prémio de POESIA Actor Mário Viegas

O Centro Cultural Regional de Santarém – Fórum Actor Mário Viegas institui para o ano 2011 – 2012 o Prémio de Poesia Actor Mário Viegas, concurso que tem por objectivo estimular e incentivar a produção literária, nomeadamente a produção poética, sendo o seguinte o regulamento que estabelece as disposições que irão reger a sua atribuição:

artº 1º O Prémio de Poesia Actor Mário Viegas foi instituído para obras inéditas no domínio da poesia.

#único É considerada inédita a obra apresentada a concurso de que não tenham sido publicados uma parte, extracto, resumo ou qualquer outra forma de abordagem superior a 25.000 caracteres.

artº 2º O valor pecuniário do Prémio a atribuir é de 2.500 euros

artº 3º As obras concorrentes deverão ser apresentadas em papel branco de formato A4, dactilografadas a dois espaços, numeradas no canto superior direito; deverão ter um número mínimo de 30 composições e um número máximo de 50, podendo ser acrescidas de material fotográfico, desenhos ilustrativos dos poemas ou outra documentação auxiliar considerada relevante para a obra, não contando estas páginas no número atrás referido.

#1º Os exemplares a enviar, em número de 5, devem ser assinados com pseudónimo e acompanhados de um subscrito lacrado contendo a identificação completa do autor (ficha anexa).

#2º O não cumprimento das condições referidas nos parágrafos anteriores, impõe a eliminação do concorrente.

#3º Só serão abertos os subscritos lacrados relativos aos autores premiados.

artº 4º Os originais concorrentes deverão ser enviados para o CENTRO CULTURAL REGIONAL de SANTARÉM – Fórum Actor Mário Viegas, Rua Dr. Joaquim Luís Martins, nº16, 2000-141 Santarém – até ao dia 30 de Abril de 2012 devendo constar no invólucro a indicação “Concorrente ao Prémio de Poesia Actor Mário Viegas 2011-2012”

Acesse outros concursos

artº 5º Os prémios serão atribuídos por um Júri constituído por cinco personalidades de reconhecido mérito e idoneidade intelectual, sendo presidido por um representante da Sociedade Portuguesa de Autores.

#1º O prémio será atribuído por unanimidade dos votos dos membros do Júri.

#2º A ausência de unanimidade implica a não atribuição do prémio.

#3º O Júri poderá deliberar, por maioria, a não atribuição do prémio, se as obras a concurso não tiverem a qualidade exigida.

#4º O Júri poderá ainda decidir a atribuição de Menções Honrosas.

#5º Será nomeado um elemento da Direcção do CCRS para articular e acompanhar o Júri.

artº 6º Os membros do Júri não poderão concorrer a este prémio.

artº 7º As deliberações do Júri são secretas, deliberando o mesmo em plena independência e liberdade de critério, sendo as declarações de voto registadas em acta.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

Artº 8º Haverá lugar à atribuição do Prémio de Poesia, não sendo revelados os nomes dos restantes concorrentes.

#1º Constituem excepção as obras às quais forem atribuídas Menções Honrosas ou aquelas que pela sua originalidade, o Júri decida recomendar a sua publicação.

#2º A divulgação do nome do autor de original recomendado para publicação, só será efectuada, no mínimo, oito dias depois da revelação do original vencedor e após acordo com o autor.

artº 9º A primeira edição da obra premiada será feita, em exclusivo, pelo CCRS, sendo a tiragem de 500 exemplares.

#1º O CCRS, para a publicação prevista no artº 9º recolherá apoios mecenáticos de outras entidades.

#2º O anúncio público, por qualquer forma, da próximapublicação de uma obra concorrente a este prémio, implica a eliminação desta.

#3º A eventual edição para outros circuitos de distribuição, não poderá ser efectuada antes de decorridos 6 meses sobre a data desta publicação, excepto no caso de ser estabelecido acordo entre o CCRS, o apoio mecenático, o autor e o outro editor.

artº 10º Os originais não premiados deverão ser levantados na sede do CCRS – Fórum Actor Mário Viegas, até ao dia 30 de Outubro 2012, data a partir da qual se declina toda e qualquer responsabilidade na sua devolução.

artº11º A divulgação dos nomes dos autores e das obras premiadas será feita durante o mês de Outubro de 2012 através dos órgãos de comunicação social regionais e nacionais.

artº12º A entrega dos prémios será realizada no mês de Novembro de 2012, em sessão especial destinada para o efeito, da responsabilidade do CCRS e em que será feita a apresentação pública dos vencedores.

artº 13º O CCRS reserva-se o direito de , a todo o tempo, alterar qualquer cláusula do presente Regulamento, dando publicidade a essas alterações pelos meios que julgar convenientes.

Aqui encontra o Formulário Ativo que poderá preencher online para agilizar o processo de pré-inscrição.

Ficha de inscrição

Fonte: Centro Cultural Regional de Santarém

2012 – O ano do fim

Para participar, leia as regras a seguir:

1) Participantes e inscrição:
– Poderá concorrer qualquer pessoa residente no território nacional. Não serão aceitos participantes que residam fora do Brasil. É vedada a participação de funcionários da Equipe Tecnofantasy.
Os participantes devem enviar para tecnofantasy@hotmail.com (assunto: 2012 – O ano do fim) os seguintes dados:
Nome completo, E-mail, Telefone, Data de nascimento.

2) Envio e prazo:
– Cada concorrente poderá submeter até 2 contos que devem estar completos e cujo conteúdo deve ser original.
– Não serão aceitos contos já publicados por outras editoras.
– O conto deve possuir entre 5.000 e 12.000 palavras.
– O conto deve abordar a temática de fim do mundo em 2012, utilizando de qualquer mitologia existente ou mesmo desenvolvendo a própria visão do autor.
– As inscrições poderão ser feitas a partir de 1 de Dezembro de 2011.
– O prazo máximo de entrega do material pronto é dia 30 de Abril de 2012. Não serão aceitos materiais enviados após 23:59 desta data.

3) Envio do material
– O material deverá ser enviado via correio eletrônico para: tecnofantasy@hotmail.com. O texto deve estar formatado em rich text file (.RTF).

Acesse outros concursos

4) Suporte:
– Nossa equipe estará à disposição para tirar dúvidas sobre seu roteiro.

5) Premiação:
– A premiação será a publicação do conto pelo Tecnofantasy Estúdio e Editora em uma antologia sobre o tema, com os devidos direitos aos autores.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

6) Critérios de avaliação:
A execução da obra deve ser pautada em:
– Qualidade de texto: buscamos um texto claro, cativante, que aborde o fim do mundo no cabalístico ano de 2012 de forma interessante, criativa e com boa redação.
– Criatividade: dentre todas as lendas, profecias e suposições sobre o fim do mundo, buscamos inventividade. Como um desafio à criatividade dos autores envolvidos no projeto, queremos que o publico alvo seja surpreendido.

7) Do julgamento:
– O julgamento dos concorrentes será feito pela Equipe Tecnofantasy.
– Os vencedores serão anunciados no dia 30 de Maio de 2012.

8) Disposições Gerais
– As questões decorrentes ou oriundas deste concurso, bem como os casos omissos, serão resolvidas pela Equipe Tecnofantasy.

Fonte: Tecnofantasy Editora

Prémio Literário Afonso Duarte

A Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, ao instituir o Prémio Literário Afonso Duarte, procura incentivar a produção literária da língua portuguesa, premiando, bianualmente, uma obra inédita.
Para uma melhor avaliação dos trabalhos a concurso, os géneros literários dos mesmos alternarão, respectivamente, entre conto, novela ou romance; ensaio, crónica ou monografia e, por último, poesia. Para este ano, de 2011/ 2012, optou-se pelo conto, novela ou romance.

Curta e mantenha-se atualizado!

Com este prémio pretende-se, também, homenagear Afonso Duarte, natural da Ereira, que tanto contribuiu para a divulgação da nossa Cultura e que marcou com especial relevância a Literatura Portuguesa.

REGULAMENTO

I O PRÉMIO LITERÁRIO AFONSO DUARTE, promovido bianualmente pela Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, visa incentivar a criação de produção literária da língua portuguesa;

II O PRÉMIO LITERÁRIO AFONSO DUARTE tem um valor individual de 5.000,00€, podendo o júri, se assim o entender, atribuir até duas menções honrosas no valor de 1250,00€ cada. No caso de trabalhos de autores com origem no Concelho de Montemor-o-Velho, haverá uma valorização de 20%;

III O concurso é aberto a trabalhos no género literário de conto, novela ou romance, havendo uma total liberdade na escolha do tema;

Acesse outros concursos

IV As obras concorrentes devem ser apresentadas em oito exemplares dactilografados a dois espaços e devidamente numerados, em folha formato A4, com um limite máximo de 120 páginas, sendo obrigatoriamente assinadas com pseudónimo;

V Os exemplares a concurso, devidamente encapados, deverão ser enviados para a Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, com indicação de PRÉMIO LITERÁRIO AFONSO DUARTE para: Praça da República, 3140-258 Montemor-o-Velho, até 30 de Abril de 2012. Os elementos de identificação do autor e da obra devem constar, obrigatoriamente, numa folha A4 inserida em envelope fechado e lacrado dentro do respectivo sobrescrito. No remetente, os concorrentes devem usar somente o pseudónimo e nunca a sua verdadeira identificação;

Nota: Só serão abertos os envelopes de identificação do autor referentes às obras premiadas;

VI A Câmara Municipal de Montemor-o-Velho editará a obra a quem for atribuído o PRÉMIO LITERÁRIO AFONSO DUARTE;

Siga @benfazeja

mantenha-se atualizado!

VII O júri responsável pela selecção das obras a concurso é constituído por sete elementos, um deles com o lugar de presidente, a ser designado pela Câmara Municipal de Montemor-o-Velho e com a seguinte distribuição individual: um representante da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, um representante da Universidade de Coimbra, um representante da Sociedade Portuguesa de Autores, um representante da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros, um representante da Associação Portuguesa de Escritores, e duas individualidades a convidar;

VIII Os membros do júri e os elementos da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho responsáveis pela organização do concurso não poderão concorrer a este prémio;

IX O PRÉMIO LITERÁRIO AFONSO DUARTE poderá não ser atribuído se o júri entender que as obras apresentadas não reúnam a qualidade exigida;

X A Câmara Municipal de Montemor-o-Velho dará conhecimento público da(s) obra(s) e dos autor(es) premiados no dia 8 de Setembro de 2012;

XI A Câmara Municipal de Montemor-o-Velho não garantirá a devolução dos originais não premiados, devendo estes ser levantados nos 60 dias posteriores à data de atribuição do PRÉMIO LITERÁRIO AFONSO DUARTE, após o que serão destruídos;

XII Todos os casos omissos no presente regulamento serão apreciados e decididos pela Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, não havendo lugar a recurso da decisão proferida.

Fonte: Câmara Municipal de Montemor-o-Velho

RESULTADO

Prémio Literário Afonso Duarte 2011/2012:
“O tempo do senhor Blum (e outros contos)”
Autor: Marlene Costa Ferraz

Menção Honrosa do Prémio Literário Afonso Duarte 2011/ 2012:
Trabalho: ‘Que importa a fúria do mar’
Autor: Ana Taborda

fonte:

BACK