Prémio Literário Maria Amália Vaz de Carvalho

O Prémio Literário Maria Amália Vaz de Carvalho, instituído pela Câmara Municipal de Loures, pretende homenagear a memória da escritora e activista feminina que, ao longo da sua vida, contribuiu para a dinamização cultural do concelho. No Palácio de Pintéus, onde viveu, foi lida publicamente a sua primeira obra, Uma Primavera de Mulher, editada em 1867.

Este Prémio tem como finalidade incentivar a produção literária em Língua Portuguesa, premiando obras inéditas de autores portugueses numa das seguintes modalidades:

Siga @benfazeja
e mantenha-se atualizado!

– Poesia
– Jovens Talentos – Poesia
– Prosa de Ficção
– Jovens Talentos – Prosa de Ficção.

Regulamento

Fonte: C. M. Loures

Glossário

Tentamos esclarecer, de maneira sucinta, os significados de cada termo utilizado no site.

REGIÕES

Internacional*: concursos em que pode-se participar independente da nacionalidade, apenas exigem texto em língua portuguesa.

Quando este marcador não está presente, o concurso aceita participação exclusiva de autores residentes ou naturais do país de origem do concurso..

Brasil: concurso realizado no Brasil.

Portugal : concurso realizado em Portugal.

* Espanhol : concursos realizados na América Latina de influência espanhola ou na própria Espanha, que aceita inscrições on-line e participação universal (de brasileiros e portugueses).

FORMA DE ENVIO

correios: os textos devem ser impressos e enviados para os organizadores, no endereço informado do regulamento.

online: texto em arquivo e enviado por e-mail ou ‘upado’ no site determinado.

presencial: exigem que, para se inscreverem no concurso, os candidatos compareçam no local indicado portando seus textos.

POR GÊNERO

contos: prosa ficcional curta, onde se elabora uma trama. (Não há um acordo sobre o tamanho do texto. Essa especificação varia e está sujeita a definição dos organizadores do concurso em questão).

Como sub-item dos ‘contos’, alguns concursos têm temas específicos, como:

infanto / juvenil : concursos que exigem textos voltados ao público jovem. Geralmente, são caracterizados pelas personagens principais nesta fixa-etária enfrentando aventuras ou situações cotidianas.

fantástico: são estórias ambientadas em outros mundos, com personagens místicos e eventos impossíveis no ‘mundo real’.

crônicas: texto em prosa opinativo, argumentativo, explicativo ou lírico.

ensaios: texto resultado de uma pesquisa ou conhecimento prévio, elaborado metodicamente para esclarecer determinado assunto ou obra.

poemas: texto em versos, rimado ou não.

novelas: narrativas ficcionais te tamanho médio (50 e 100 páginas, ou seja 20 mil a 40 mil palavras).

romances: narrativas ficcionais longas.

POR OBRAS

avulsos : textos pequenos (contos, crônicas, poemas, ensaios, etc), geralmente destinados a formação de antologias.

originais: livro pronto e não publicado (portanto, inédito).

livros (publicados): livro já editado e publicado, no ano corrente ou anterior ao concurso.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

PREMIAÇÃO

dinheiro: os primeiros colocados recebem o prêmio em forma de dinheiro.

brindes: os primeiros colocados recebem, como prêmio, objetos de valor. Os mais comuns são livros, aparelhos eletrônicos ou vale-compras.

publicação do original: concursos geralmente elaborados por editoras, publicam o livro vencedor e pagam os direitos autorais pela obra (podendo, este, ser adiantada ou não).

antologia: a maneira mais popular de premiação em concursos, reune os melhores colocados em um livro. Geralmente os primeiros colocados ganham uma quantidade maior de exemplares, mas todos os autores publicados costumam ganhar ao menos uma cópia.

menções : menção honrosa é uma espécie de certificado de participação e ranqueamento no concurso. O recebimento de medalhas ou entrega em evento solene varia de acordo com o concurso. Não é muito comum a entrega de troféu mas, quando ocorre, são concedidos aos três primeiros.

VII Concurso literário: Poesias sem Fronteiras

Apoio: Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências ; União Brasileira dos Escritores/BA; Revista Artpoesia

inscrições de 10 de agosto até 20 de dezembro de 2011

Com o objetivo de estimular poetas de todo o Brasil e de países de Língua Portuguesa, o concurso premia os melhores trabalhos, comprovando o sucesso com sua 7ª edição.

Os interessados devem enviar uma única poesia, tema LIVRE (digitada ou datilografada) inédita sob pseudônimo, em duas vias, dentro de um envelope maior. No envelope menor, deverá constar a ficha de inscrição que deverá ser criada pelo autor, com o nome, endereço completo, idade, profissão, escolaridade, título da poesia, pseudônimo, telefone, e-mail (se tiver), comprovante de depósito de R$ 8,00, em nome de Marcelo de Oliveira Souza, conta poupança BRADESCO : No 5920 digito 0 Agência 3679 digito 0.
Não se esquecer de dizer como tomou conhecimento do concurso e se já participou de outras versões.

Obs: Não aceitaremos poesias por e-mail; menores de idade podem participar desde que seja com a autorização dos pais.

Formas de pagamento:
• Em espécie junto à ficha de inscrição (envelope menor)
• Depósito Bancário ou transferência de conta
• Fora do país o equivalente a 5 dólares ou euros.

RESULTADO: Dia 20 de janeiro de 2012

Siga @benfazeja
e mantenha-se atualizado!

No site http://marceloescritor.blig.ig.com.br por e-mail, para quem enviar o endereço eletrônico e por carta para quem não tiver e-mail.

1°lugar: Troféu + certificado + Livro Cartas ao Presidente Lula + Revista Literária
2o lugar: Certificado + 1 PEN DRIVE 4GB + Livro Conto & Reconto + Revista Literária
3o lugar: Certificado + 1 PEN DRIVE 4GB + Revista Literária
4º e 5º Lugares: Certificado + Revista Literária

Menções Honrosas: Uma para o autor nacional juvenil, menores de idade; outra para

o autor internacional; cuja premiações serão: Juvenil Nacional: certificado + Revista literária ; Internacional: certificado + Livro Conto & Reconto + Revista Literária

Todos os vencedores do concurso terão seu trabalho publicado no site www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net

Contatos: marceloosouzasom@hotmail.com e celular 71-81553677
Enviar carta registrada para:
VII Concurso literário: Poesias sem Fronteiras
A/c escritor Marcelo de Oliveira Souza

Conjunto Edgar Santos Bloco 14/204
Engenho Velho de Brotas Salvador Bahia BRASIL CEP 40240-550

Fonte: Marcelo Escritor

Prémio Literário Francisco de Freitas Branco

APRESENTAÇÃO e OBJECTIVO

O Prémio Literário Francisco de Freitas Branco, instituído na reunião de Câmara Municipal do Porto Santo de 20 de Abril de 2007, pretende homenagear o autor madeirense e incentivar a descoberta de novos valores na área das letras. O Prémio distingue de dois em dois anos uma obra literária inédita de prosa narrativa.

TEMA

Os trabalhos a apresentar deverão, obrigatoriamente, abordar de forma livre e criativa a Ilha do Porto Santo ou temas com ela relacionados.

COMO CONCORRER

Cada autor poderá concorrer com o máximo de uma obra, a qual deverá cumprir obrigatoriamente os seguintes requisitos:

Estar escrita em língua portuguesa;

Apresentar 3 exemplares impressos (formato A4) e respectivo suporte digital;

Identificar a obra com um título e sem indicação da autoria.

Os trabalhos deverão ser entregues dentro de um envelope fechado sem qualquer identificação do concorrente, inserido num outro, onde deverão constar os seguintes dados do corrente: nome completo, pseudónimo se for o caso, morada, fotocópia do Bilhete de Identidade e do Número Fiscal de Contribuinte, contacto e E-mail.

Siga @benfazeja
e mantenha-se atualizado!

ADMISSIBILIDADE DOS TRABALHOS

O Júri ponderará acerca da admissibilidade dos trabalhos apresentados a concurso, não havendo recurso das suas decisões. Só podem participar candidatos com idade igual ou superior a 16 anos.

CALENDÁRIO

A partir do dia do lançamento do concurso serão aceites todos os trabalhos recebidos até dia 31 de Dezembro de 2011, sendo válido o carimbo dos correios.

JÚRI

O prémio será atribuído por um Júri composto por:
1 representante da Câmara Municipal, que presidirá às reuniões;
1 técnico superior de cultura da Câmara Municipal;
1 representante da Areal Dourado, E.E.M.;
1 docente da Escola Básica e Secundária Professor Dr. Francisco de Freitas Branco;
1 especialista;
A decisão será tomada por voto e por maioria, dispondo o representante da Câmara Municipal de voto de qualidade.
O Júri reserva-se ao direito de não atribuição do prémio desde que devidamente fundamentado. Os membros do Júri, ou outros elementos ligados à organização do concurso e familiares de primeiro grau, não poderão concorrer.

PRÉMIO

O Prémio a atribuir pelo jurí será a publicação da obra vencedora com a impressão de 500 (quinhentos) exemplares em formato livro, dos quais 100 (cem) exemplares ficarão na posse da Autarquia. A atribuição do prémio e respectivo lançamento público do livro serão feitos no dia do Concelho do Porto Santo, que se comemora a 24 de Junho.

DIREITOS DE AUTOR

A Câmara Municipal do Porto Santo reserva-se o direito de edição dos trabalhos premiados. Estes ficarão na posse da Autarquia com os respectivos direitos para a primeira edição, identificando-se o autor. Os trabalhos apresentados não serão devolvidos.

MORADA DE RECEPÇÃO DOS TRABALHOS

A apresentação no concurso implica a aceitação integral deste regulamento. Os trabalhos deverão ser enviados até o dia 31 de Dezembro de 2011 para:

PRÉMIO lITERÁRIO FRANCISCO DE FREITAS BRANCO
Câmara Municipal do Porto Santo
Rua Dr. Nuno Silvestre Teixeira
9400 – 162 Porto Santo

CONTACTOS PARA MAIS INFORMAÇÕES
Telefone 291 980 621
Fax 291 980 653

Fonte: Regulamento: Areal Dourado.

Prémio Literário Vergílio Ferreira

Regulamento Prémio Literário Vergílio Ferreira

CAPÍTULO I

Art.1º
Âmbito e Aplicação

O presente regulamento define as normas que regem a edições do concurso Prémio Literário Vergílio Ferreira , instituído pela Câmara Municipal de Gouveia, através do qual se pretende homenagear o escritor Vergílio Ferreira, bem como, incentivar a produção literária, contribuindo desta forma para a defesa e enriquecimento da língua portuguesa.

Art. 2º
Modalidades

1- O prémio literário galardoará bienalmente, e de forma alternada, as seguintes modalidades:

a) Romance Literário
b) Ensaio Literário

2- A edição de 2012 distinguirá um original versando na categoria de Romance Literário

Art. 3º
Valor Pecuniário

O valor pecuniário do prémio é de 4 mil euros.

Siga @benfazeja
e mantenha-se atualizado!

Art. 4º
Edição da Obra

A Câmara Municipal de Gouveia editará a obra premiada em primeira edição, sem pagamento de direitos de autor.

Art. 5º
Constituição do júri

1- Os vencedores do Prémio Literário serão seleccionados por um júri constituído por personalidades de reconhecida idoneidade e prestigio com a seguinte composição:

a) Um representante da Câmara Municipal de Gouveia
b) Um representante da Associação Portuguesa de Escritores
c) Um representante da Associação Portuguesa de Críticos Literários

Art. 6º
Competências do júri

1- Nenhum elemento do júri poderá concorrer ao prémio

2- O júri decidirá por unanimidade ou por maioria simples, atribuindo o prémio a uma obra, sem lugar a qualquer tipo de menções honrosas.

3 – Poderá, no entanto, o júri deliberar a não atribuição do prémio se também por unanimidade ou maioria simples, considerar que nenhuma das obras tem a qualidade exigida.

4- Das decisões do júri não caberá recurso.

Art. 7º
Apresentação dos trabalhos

1-As obras a concurso serão apresentadas em texto impresso de um só lado, em formato A4, paginada a espaço 1,5, letra Times New Roman, tamanho12, devendo os seus autores enviar cinco exemplares.

2 – Esses exemplares, assinados com pseudónimo, serão acompanhados por um subscrito lacrado, contendo a identificação completa do respectivo autor.

3- O não cumprimento de qualquer destas condições acarreta a eliminação do concorrente.

Art. 8º
Prazos de Entrega

Os originais concorrentes deverão ser enviados até ao dia 31 de Dezembro de 2011 à Câmara Municipal de Gouveia, Avenida 25 de Abril 6290-554 Gouveia, constando da respectiva embalagem a seguinte indicação: “Obra Concorrente ao Prémio Literário Vergílio Ferreira”.

Art 9º
Anúncio do Vencedor

1- A Câmara Municipal de Gouveia anunciará o vencedor no dia 1 de Março de 2012.

2- As cópias dos originais não premiados poderão ser levantados até dia 31 de Dezembro de 2012, data a partir da qual a Câmara Municipal de Gouveia declina toda e qualquer responsabilidade na sua entrega.

Art. 10º
Entrega do Prémio

O prémio será entregue ao autor galardoado numa cerimónia pública, na abertura das Festa da Cidade, em Agosto de 2012.

CAPÍTULO II
Omissões

1 – Os casos omissos e as dúvidas na interpretação e aplicação do presente Regulamento serão resolvidos pela Câmara Municipal.
2 – O presidente da Câmara ou vereador do pelouro emitirão as ordens e instruções que entendam convenientes para a boa execução deste Regulamento.

Fonte: Câmara Municipal Gouveia

Prémio Literário Francisco de Freitas Branco

REGULAMENTO

FRANCISCO DE FREITAS BRANCO (1924-1996)

Nascido no Funchal, ilha da Madeira, onde fez os estudos secundários, foi depois para Lisboa estudar físico-química na Faculdade de Ciências, curso que não chegou a concluir. Diletante, como sempre gostou de ser, deixou-se seduzir pelas letras, que lhe deram a licenciatura em Filologia Românica na Universidade de Leipzig, na Alemanha. Ainda neste país, foi leitor Português. Viajante nato, viveu em Paris, na sua capital artística, e em Berlim, cidade que lhe dava rigor intelectual. A sua ligação ao Porto Santo data da sua juventude, onde viria a se fixar, em 1977, como professor de língua Portuguesa na escola secundária que mais tarde terá o seu nome. Além das línguas, a fotografia, o jornalismo, a botânica e a biologia foram algumas das suas grandes paixões. Na Alemanha, que visitava todos os anos, publicou um dicionário de português/alemão. Além das crónicas regulares na imprensa escrita da região, foi no livro Porto Santo – Registos Insulares (1995) que deu a conhecer toda a sua inteligência e cultura.

APRESENTAÇÃO e OBJECTIVO

O Prémio Literário Francisco de Freitas Branco, instituído na reunião de Câmara Municipal do Porto Santo de 20 de Abril de 2007, pretende homenagear o autor madeirense e incentivar a descoberta de novos valores na área das letras. O Prémio distingue de dois em dois anos uma obra literária inédita de prosa narrativa.

Siga @benfazeja
e mantenha-se atualizado!

TEMA

Os trabalhos a apresentar deverão, obrigatoriamente, abordar de forma livre e criativa a Ilha do Porto Santo ou temas com ela relacionados.

COMO CONCORRER

Cada autor poderá concorrer com o máximo de uma obra, a qual deverá cumprir obrigatoriamente os seguintes requisitos:
Estar escrita em língua portuguesa;
Apresentar 3 exemplares impressos (formato A4) e respectivo suporte digital;
Identificar a obra com um título e sem indicação da autoria.
Os trabalhos deverão ser entregues dentro de um envelope fechado sem qualquer identificação do concorrente, inserido num outro, onde deverão constar os seguintes dados do corrente: nome completo, pseudónimo se for o caso, morada, fotocópia do Bilhete de Identidade e do Número Fiscal de Contribuinte, contacto e E-mail.

ADMISSIBILIDADE DOS TRABALHOS

O Júri ponderará acerca da admissibilidade dos trabalhos apresentados a concurso, não havendo recurso das suas decisões. Só podem participar candidatos com idade igual ou superior a 16 anos.

CALENDÁRIO

A partir do dia do lançamento do concurso serão aceites todos os trabalhos recebidos até dia 31 de Dezembro de 2011, sendo válido o carimbo dos correios.

JÚRI

O prémio será atribuído por um Júri composto por:
1 representante da Câmara Municipal, que presidirá às reuniões;
1 técnico superior de cultura da Câmara Municipal;
1 representante da Areal Dourado, E.E.M.;
1 docente da Escola Básica e Secundária Professor Dr. Francisco de Freitas Branco;
1 especialista;
A decisão será tomada por voto e por maioria, dispondo o representante da Câmara Municipal de voto de qualidade.
O Júri reserva-se ao direito de não atribuição do prémio desde que devidamente fundamentado. Os membros do Júri, ou outros elementos ligados à organização do concurso e familiares de primeiro grau, não poderão concorrer.

PRÉMIO

O Prémio a atribuir pelo jurí será a publicação da obra vencedora com a impressão de 500 (quinhentos) exemplares em formato livro, dos quais 100 (cem) exemplares ficarão na posse da Autarquia. A atribuição do prémio e respectivo lançamento público do livro serão feitos no dia do Concelho do Porto Santo, que se comemora a 24 de Junho.

DIREITOS DE AUTOR

A Câmara Municipal do Porto Santo reserva-se o direito de edição dos trabalhos premiados. Estes ficarão na posse da Autarquia com os respectivos direitos para a primeira edição, identificando-se o autor. Os trabalhos apresentados não serão devolvidos.

MORADA DE RECEPÇÃO DOS TRABALHOS

A apresentação no concurso implica a aceitação integral deste regulamento. Os trabalhos deverão ser enviados até o dia 31 de Dezembro de 2011 para:

PRÉMIO lITERÁRIO FRANCISCO DE FREITAS BRANCO
Câmara Municipal do Porto Santo
Rua Dr. Nuno Silvestre Teixeira
9400 – 162 Porto Santo

CONTACTOS PARA MAIS INFORMAÇÕES
Telefone 291 980 621
Fax 291 980 653
Email geral.arealdourado@gmail.com

Fonte: Areal Dourado (Pt)

BACK