Microrrelatos de los sentidos. Segunda edición: ‘El sentido del gusto’

# RESULTADO : SEM PREVISÃO DE DATA. LINK

El portal www.manchoneria.es convoca la segunda edición del CONCURSO LITERARIO: MICRORRELATOS DE LOS SENTIDOS.

El concurso pretende fomentar la curiosidad, el pensamiento, la reflexión racional, la lógica, la búsqueda de la verdad.

El certamen se desarrollará de acuerdo con las siguientes

Bases de la convocatoria

1. Destinatarios.

Podrán participar en el concurso todas aquellas personas de mayor o menor edad, dando igual su ocupación o formación, así como su lugar de nacimiento, procedencia o residencia, presentando uno, dos o los trabajos que quiera.

Se hace notar que el autor puede escribir los trabajos en cualquier lengua, incluso en suajili, vietnamita o criollo haitiano, pero tiene que presentarlos traducidos al castellano, para que se pueda entender en la lengua común utilizada aquí.

2.- La obras de esta segunda edición tratarán sobre EL SENTIDO DEL GUSTO, desde el punto de vista biológico, social, ambiental, cultural, histórico, antropológico, genético u otros.

El escritor, por el hecho de presentar el relato a concurso, afirma que la obra es original y de su propiedad y, en consecuencia, se hace responsable respecto a su propiedad intelectual y patrimonial por cualquier acción o reclamación que al respecto pudiera sobrevenir.

3. La extensión será como máximo 150 palabras y como mínimo 100, en formato Microsof Word, letra la que guste, tamaño a elegir, espacio interlineal que se quiera. Asimismo, en cuanto al tamaño del papel, el ancho , el alto, la orientación, el margen superior, el inferior, el izquierdo o el derecho, también es completamente libre.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

4.- El plazo de admisión de originales será desde la publicación de las bases hasta el día 28 de Febrero de 2013.

5.- Los trabajos se deberán presentar, exclusivamente, de forma telemática a través del sitio web web www.manchoneria.es, a través de la página:

Microrrelatos de los sentidos. Segunda edición: El sentido del gusto

http://www.manchoneria.es/Concurso_Literario_Mensual_Microrrelatos.aspx

Para poder participar es obligatorio estar registrado en el sitio web www.manchoneria.es.

6. Derechos

Las obras quedarán en propiedad de la organización, quien podrá hacer uso de las mismas y de aquellas que seleccione por su interés o calidad literaria, como estime oportuno, incluida la publicación de las mismas, especialmente a través de la página web “manchoneria.es”, haciendo constar siempre el nombre del autor. No se entregará al autor cantidad alguna en concepto de gratificación por esta cesión.

Con la excepción antedicha, el autor conservará los derechos universales de autoría sobre la obra presentada.

7. Premios:

Se establecerá el siguiente premio:

Un ejemplar de la novela de Javier Cercas “Las leyes de la frontera”, donado por Librería Fleming.

Asimismo, los autores que destaquen por la gracia, simpatía, ocurrencia, agudeza, poder de asombro, así como por la sal y el azúcar en su punto, serán incluidos en una publicación que oportunamente será dada a conocer por www.manchoneria.es y que será difundida ampliamente, sobre todo en internet.

Por la misma razón, las obras que destaquen por su grosería, zafiedad, vulgaridad o mal gusto, serán excluidas automáticamente de la citada publicación.

8.- El Jurado estará compuesto por personas competentes en la materia.

9.- El hecho de concurrir a este certamen implica la aceptación de las presentes bases y el incumplimiento de las mismas o alguna de sus partes, dará lugar a la exclusión del concurso. Asimismo, también implica la aceptación de la interpretación que de ellas haga el Jurado que está facultado para resolver cualquier cuestión no prevista en ellas y cuyo fallo será inapelable, incluso el declarar desierto el concurso.

*

Fonte: manchoneria

II Certamen Poético, Rima Jotabé

II Certamen Poético, Rima Jotabé

#RESULTADO: SEM PREVISÃO (será enviado e-mail ao vencedor)

1.- Podrá participar cualquier persona de cualquier nacionalidad y de cualquier edad, siempre que los poemas presentados al certamen estén escritos en español.

2.- Cada poeta podrá presentar al certamen cuantas obras desee, siendo estas de tema libre, originales e inéditas incluso en internet.

3.- Todos los poemas participantes en el certamen estarán compuestos en Rima Jotabé o alguna de sus variantes, siendo la manera correcta y única de componer los poemas estróficos Jotabés o sus variantes, la expuesta en su página oficial, http://www.juan-benito.com/jotabe.htm

4.- Los poemas pueden contener uno o varios Jotabés o algunas de sus variantes, pero siempre la misma variante del poema, poniendo límites a la extensión de los poemas, tan sólo, el albedrío del poeta.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

5.- Los poemas se presentaran de forma anónima al correo-e certamen_poetico_rima_jotabe@juan-benito.com de la siguiente manera.

Se adjuntará al correo-e, en formato, .doc, .docx, .pdf o .txt (no se admitirán otros formatos), un archivo con el o los poemas participantes. El archivo de llamará, Poema-Certamen. En el asunto se pondrá, “II Certamen Poético, Rima Jotabé”, y no se escribirá nada en el cuerpo del mensaje. Los correos que no cumplan estas condiciones serán desestimados.
Se enviará acuse de recibo a todos los participantes.

6.- El plazo de envío de poemas se inicia el día 1 de octubre de 2012, y finaliza el 28 de febrero de 2013 ambos inclusive.

7.- La dirección del concurso se pondrá en contacto con las persona ganadoras a través del correo-e de envío del / de los, poemas. Desde el envió del correo-e notificando al participante que ha ganado, tendrá un plazo máximo de 10 días para responder enviando sus datos personales desde el mismo correo-e desde el que envío los poemas, pasado ese plazo, renunciará expresamente a premio y su lugar lo ocupará su seguidor inmediato.

8.- Los datos personales que enviaran los ganadores serán: nombre, apellidos, dirección postal, País de nacionalidad y de residencia.

9.- Premios. Se establecen tres premios, 1º, 2º y 3º, consistentes
1er. Premio. Lote de libros valorado en 75€ patrocinado por, Bibliocafé, Libros y Encuentros, un lote de libros del poeta Juan Benito y un diploma acreditativo de su premio.
2do. Premio. Lote de libros del poeta Juan Benito y un diploma acreditativo de su premio.
3er. Premio. Lote de libros del poeta Juan Benito y un diploma acreditativo de su premio.

Además se concederán tantos accésits como el jurado correspondiente tenga a bien conceder. El número de accésits siempre superará la cantidad de 12.

10.- La organización se reserva el derecho de poder dejar desierto los premios o accésits si los poemas participantes no tuvieran la calidad técnica y literaria suficiente.

11.- La entrega de premios se realizará en Bibliocafé, Libros y Encuentros, situado en la calle Amadeo de Saboya, 17. En abril, el día y la hora se harán públicos en su momento.

12.- Los miembros del jurado se darán a conocer en el momento de emitir el fallo en la web del poeta Juan Benito, http://www.juan-benito.com. y en la Web de Bibliocafé, http://www.bibliocafe.es. El fallo del jurado será inapelable.

14.- Todos los participantes al hacerlo, admiten conocer y aceptar las bases de este certamen.

15.- Para cualquier supuesto no recogido en estas bases, siempre prevalecerá en todos los sentidos, el criterio de la organización.

¡Suerte a todos los participantes!

*

Fonte: Juan Benito

Prémio literário Carlos de Oliveira 3.ª edição

#VENCEDOR: Carlos Rangel (Santa Maria – RS)

1- O Prémio Literário Carlos de Oliveira, no valor único de 5.000 (cinco mil) euros, destina-se a estimular a criação literária e, simultaneamente, a homenagear o grande escritor gandarês.

2- O Prémio é instituído pelo Município de Cantanhede e o valor do prémio é integralmente suportado pela autarquia, que assegurará também os custos decorrentes da edição da obra vencedora do Prémio.

3- O Prémio Literário Carlos de Oliveira consagrará uma obra em prosa (conto ou romance), inédita.

4- Este certame literário é aberto a todos os escritores de qualquer país de língua oficial portuguesa.

5- Os originais concorrentes serão apresentados em papel A4, com o texto processado em letra Times New Roman em corpo 12, o entrelinhamento a 1,5 espaço, e deverá ter um mínimo de 120 páginas.

6- As obras enviadas a concurso serão firmadas com pseudónimo e deverão ser remetidas até ao dia 30 de Junho de 2012 para o Museu da Pedra do Município de Cantanhede, Largo Cândido dos Reis, n.º 4, 3060-174 Cantanhede, contando para o efeito a data do carimbo dos CTT.

7- Os concorrentes, que poderão habilitar-se apenas com uma obra inédita e não publicada, enviarão a concurso cinco exemplares do original devidamente encadernados.

8- Os exemplares referidos no número anterior deverão ser enviados num sobrescrito, que conterá, além destes, um outro sobrescrito fechado e lacrado, dentro do qual constarão a identificação e morada do autor e, exteriormente, o pseudónimo por ele utilizado.

9- Os elementos do Júri, bem como os funcionários do Município de Cantanhede não poderão apresentar-se a concurso.

10- O Município de Cantanhede não garantirá a devolução dos originais não premiados, devendo estes serem levantados nos 60 dias posteriores à data de comunicação do apuramento do Prémio, após o que serão destruídos.

Acesse outros concursos

11- O Júri será constituído por cinco elementos, a saber:
– O Presidente da Câmara Municipal de Cantanhede ou um seu representante;
– Ângela de Oliveira, viúva do escritor, ou alguém por esta designado.
– Um representante da Associação Portuguesa de Escritores;
– Um Académico dedicado ao estudo de Carlos de Oliveira, convidado pelo Município;
– Uma personalidade do meio literário convidada.

12- O Júri poderá deliberar a não atribuição do Prémio por manifesta falta de qualidade das obras apresentadas a concurso.

13- O Prémio não poderá ser atribuído ex aequo, mas, em casos excepcionais, o Júri poderá conceder até duas menções honrosas, sem valor pecuniário.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

14- Do resultado do concurso, o Júri lavrará a competente acta fundamentada, que será assinada por todos os seus membros.

15- O vencedor do Prémio Literário Carlos de Oliveira e as menções honrosas eventualmente atribuídas serão dados a conhecer durante a primeira quinzena de Janeiro de 2013, sendo a sua entrega feita em cerimónia pública a agendar atempadamente.

16- Da classificação, devidamente homologada pelo Júri, não poderá haver recurso.

17- Os casos omissos neste Regulamento serão resolvidos por deliberação do Júri.

Fonte: CM Cantanhede

1º Prêmio Cuore de Literatura Infantil e Infantojuvenil

DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 1º – O 1º Prêmio Cuore de Literatura Infantil e Infantojuvenil, doravante denominado Prêmio Cuore, criado pela Editora Cuore, amparado pelo artigo 30 do Decreto nº 70.951 de 9 de agosto de 1972, será realizado bienalmente e tem a sua primeira versão em 2012, com a instituição do Prêmio Meu Primeiro Livro Publicado, concedido ao melhor livro inédito infantil ou infantojuvenil, escrito em língua portuguesa, no Brasil.

No processo de seleção para a escolha das melhores obras, os livros recebidos pela Editora Cuore são lidos e avaliados, em diferentes etapas, por especialistas de diversas regiões do Brasil.

Curta e mantenha-se atualizado!

Art. 2º – O Prêmio Cuore tem como objetivos:
(i) editar e publicar os melhores títulos para crianças e jovens;
(ii) estimular o trabalho de escritores e/ou ilustradores que se dedicam à literatura infantil e juvenil, assim como aos livros informativos para o segmento infantil e juvenil;
(iii) incrementar e promover a produção de livros de qualidade para crianças e jovens no Brasil;
(IV) promover a leitura literária junto à população em geral e, em particular, para educadores, considerando-a como base para a formação cultural de crianças e jovens;
(V) subsidiar a ação de pesquisadores, escritores, pais, autores e especialistas em literatura para crianças e jovens, divulgando e disponibilizando informação sobre leitura e literatura infantil e juvenil;
(VI) criar uma base referencial de qualidade, permanentemente atualizada, sobre literatura infantil e juvenil e leitura;

INSCRIÇÕES

Art. 3º – A participação no Prêmio Cuore está aberta a novos escritores brasileiros, com idade superior a 16 anos, que possuam um título inédito de caráter paradidático, nunca antes publicado por nenhum meio impresso ou eletrônico até a data da entrega dos prêmios e que não seja proveniente de séries, coletâneas ou coleções, escrito em língua portuguesa, no Brasil.

§ 1º – A inscrição é gratuita e será feita mediante o envio do material acompanhado da ficha de inscrição, no período de 16 de janeiro a 30 de março de 2012, para o e-mail premio@editoracuore.com.br ou para o endereço:
Editora Cuore
Rua Coronel Luís Americano, 281 – conjunto 3
Tatuapé – São Paulo/SP – CEP 03308-020

§ 2º – O trabalho deverá ser apresentado da seguinte forma:
Papel padrão A4;
Margens de 2 (dois) centímetros em todos os lados da página (superior, inferior, esquerdo e direito);
Fonte Times New Roman regular tamanho 12 (doze);
Recuo de 1,5 (um e meio) centímetro no início de cada parágrafo;
Espaçamento entre linhas e parágrafos de 1,5 (um ponto e meio);
Nome do autor, título da obra e número da página no cabeçalho de todas as páginas.

§ 3º – O número de páginas e o tema da obra ficam a critério do candidato, desde que se respeite o bom senso para a aplicação paradidática, seja para o público infantil ou infantojuvenil;

§ 4º – Embora não seja obrigatório, a Editora Cuore orienta os candidatos sobre a importância do envio de uma composição que simule o trabalho final do livro (chamado “boneco”), que pode ser impresso ou artesanal, contendo ilustrações quando necessário, para complementar a obra como um todo, pois, em alguns casos, somente o texto não transmite a mensagem desejada para crianças e jovens.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

§ 5º – A ficha de inscrição deverá ser integralmente preenchida, com nome completo, data de nascimento, números de RG e CPF, endereço completo, telefone, e-mail e grau de escolaridade do candidato e título, número de páginas e o público-alvo do material enviado. A omissão ou o preenchimento incorreto de qualquer informação invalidará a participação do candidato;

§ 6º – A Editora Cuore não se responsabiliza por quaisquer custos de postagem, também não se responsabiliza por falhas ocorridas durante o envio do material.

§ 7º – A apresentação da inscrição implica a aceitação incondicional de todas as disposições do presente regulamento.

Art. 4º – As inscrições que não atenderem ao disposto Regulamento serão automaticamente desclassificadas.
Parágrafo único – As dúvidas sobre a inscrição poderão ser dirimidas por e-mail premio@editoracuore.com.br ou pelo site www.editoracuore.com.br/premiocuore .

ETAPAS DO PROCESSO DE SELEÇÃO

Art. 5º – Os 100 (cem) primeiros candidatos inscritos receberão um convite para o evento que anunciará os vencedores do Prêmio Cuore. Todos os candidatos que enviarem seu material receberão um certificado de participação no Prêmio Cuore.

Art. 6º – Na primeira fase da seleção das obras serão escolhidos os 10 (dez) melhores livros, denominados finalistas. Todos os finalistas receberão um convite para o evento do Prêmio Cuore, caso ainda não tenham recebido (conforme o Art. 5º).

Art. 7º – Na segunda fase da seleção das obras serão escolhidos os 3 (três) melhores livros que receberão o Prêmio Cuore, anunciados somente na ocasião do evento, conforme disposto no Art. 9º (da Premiação e Divulgação dos Resultados).

JULGAMENTO DAS OBRAS

Art. 8º – A comissão julgadora do Prêmio Cuore será composta por especialistas em Literatura Infantil e Juvenil selecionados pela Editora Cuore. O número de integrantes desta comissão poderá variar de acordo com o número de candidatos inscritos.

§ 1º – Quanto aos critérios de avaliação, a comissão julgadora se compromete a analisar e observar cada obra quanto à qualidade, baseando-se nas seguintes considerações: a originalidade do título e do texto, o uso artístico, competente e agradável da língua portuguesa, considerando o público-alvo da obra e a viabilidade da aplicação paradidática;

§ 2º – As decisões da comissão julgadora serão definitivas, não cabendo contra tais decisões quaisquer recursos, reclamações ou impugnações.

PREMIAÇÃO E DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS

Art. 9º – A premiação ocorrerá durante um evento, a se realizar em 15 de junho de 2012, no município de São Paulo, com local a ser definido e comunicado com a devida antecedência. Serão contemplados três escritores:
Primeiro colocado: um contrato para a publicação do livro selecionado e uma tarde de autógrafos no estande da Editora Cuore na Bienal Internacional do Livro de São Paulo, com transporte e hospedagem pagos para o autor residente em outro município.
Segundo colocado: um contrato para a publicação do livro selecionado até dezembro de 2012.
Terceiro colocado: um contrato para a publicação do livro selecionado no primeiro semestre de 2013.

DISPOSIÇÕES FINAIS

Art. 10º – Os materiais encaminhados para a inscrição no Prêmio Cuore ficarão à disposição dos candidatos por um período de 30 dias após a data da premiação. As obras remanescentes após este prazo serão devidamente descartadas.

Art. 11º – As informações e os resultados do Prêmio Cuore serão divulgados através da internet, no site www.editoracuore.com.br/premiocuore .

Art. 12º – Os casos omissos serão resolvidos pela Editora Cuore.

*

Fonte: Editora Cuore

Concurso de Roteiros Rogério Sganzerla 2011/2012

1. O Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 premiará dois originais na categoria Roteiros: teatro e cinema, inéditos, redigidos em língua portuguesa. Os autores devem ser pessoas naturais do estado de Santa Catarina ou nele residentes há pelo menos três anos.

2. As inscrições para o Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 serão realizadas de 15 novembro de 2011 a 15 de janeiro de 2012, na secretaria da Direção Executiva da Editora da UFSC, no horário comercial, localizada no prédio da EdUFSC, Campus Universitário, Bairro Trindade, Florianópolis, SC. Serão aceitas inscrições por correio, contando a data de postagem, com material remetido para:
Editora da UFSC, Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012, Caixa Postal 476, Florianópolis, SC, 88010-970.

3. Os documentos necessários para inscrição são:

3.1.Três cópias impressas do original, contendo na folha de rosto apenas o título da obra e o pseudônimo do autor. A impressão deve ser em apenas uma face do papel e o formato da página deverá ser o seguinte: fonte tamanho 12, espaçamento 1,5 e todas as margens de 3 centímetros. Todas as páginas devem ser numeradas consecutivamente, a partir da folha de rosto, com numerais arábicos localizados no rodapé e centralizados. Cada cópia impressa deve ser encadernada com espiral (com ou sem capa plástica).

Acesse outros concursos

3.2.Envelope lacrado, identificado com o pseudônimo do autor e título do roteiro ou peça teatral, contendo os seguintes documentos: ficha de inscrição devidamente preenchida, cópia frente e verso de documento de identidade (em que conste localidade de nascimento) e, para as pessoas não naturais de Santa Catarina, comprovação de residência fixa de pelo menos 3 (três) anos (contas de água, luz, telefone, boleto de cartão de crédito etc., ou contrato de locação dos últimos três anos). O envelope lacrado do ganhador será aberto após a proclamação do resultado. Os envelopes lacrados referentes às obras que receberem menção honrosa da comissão ad hoc do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 também serão abertos após a proclamação do resultado. Os demais envelopes serão destruídos sem serem abertos.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

4. As obras devem ser inéditas, sem qualquer publicação anterior em quaisquer meios, inclusive eletrônico. A eventual identificação de publicação anterior desclassificará automaticamente a obra para o Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 ou acarretará a penalidade prevista na cláusula 15 deste regulamento para a obra vencedora.

5. Um autor pode concorrer com mais de uma obra, desde que feitas inscrições separadas, identificadas por pseudônimos diferentes.

6. Ao enviar sua inscrição, o autor estará manifestando que aceita os termos e condições deste regulamento.

7. Os originais inscritos serão avaliados por uma comissão ad hoc composta de três membros escolhidos pelo Conselho Editorial da EdUFSC, no período de 16 de janeiro de 2012 a 30 de abril de 2011.

8. A comissão ad hoc do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 terá total liberdade para deliberar sobre o mérito artístico das obras inscritas, classificando-as e indicando a obra vencedora, inclusive tendo a possibilidade de não premiar nenhuma, e fazendo menções honrosas se julgar pertinente.

9. A comissão ad hoc do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 será coordenada por um dos membros do Conselho Editorial da EdUFSC. O coordenador da comissão comunicará a decisão da comissão em correspondência lacrada endereçada à presidente do Conselho Editorial da EdUFSC, Secretária de Cultura e Arte da UFSC, assim que terminarem os trabalhos da comissão, no dia 2 de maio de 2012.

10. Não caberá qualquer tipo de recurso, por parte de quaisquer pessoas ou instituições, da decisão da comissão ad hoc do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012.

11. O resultado do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 será proclamado pela presidente do Conselho Editorial da EdUFSC na primeira reunião do referido conselho que ocorrer no mês de maio de 2012. No mesmo dia, o resultado será divulgado na internet, nas páginas da UFSC e da EdUFSC. Os autores das obras premiadas receberão correspondência da Direção Executiva da EdUFSC remetida ao endereço fornecido na ficha de inscrição.

12. Haverá apenas dois originais vencedores, um roteiro e uma peça de teatro, podendo a comissão ad hoc do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 fazer menções honrosas se julgar pertinente. As menções honrosas, se houver, serão comunicadas aos autores e divulgadas na internet, nas páginas da UFSC e da EdUFSC.

13. A premiação para as obras vencedoras do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 será a publicação pela EdUFSC, que deverá ocorrer ao longo do segundo semestre de 2012.

14. Os autores receberão, em conformidade com contrato a ser firmado com a EdUFSC, 10% (dez por cento) da tiragem das obras, entregues logo após a publicação, ou, se preferir, na forma da legislação em vigor, 10% (dez por cento) sobre as vendas dos exemplares. A tiragem da obra e o projeto gráfico serão decididos exclusivamente pela EdUFSC sem qualquer interferência do autor ou de terceiros.

15. Caso seja constatado o descumprimento da cláusula 4 deste regimento após a publicação das obras vencedoras, todos os exemplares serão recolhidos e os autores deverão ressarcir à EdUFSC todos os custos de produção dos livros, em conformidade com contrato a ser firmado entre EdUFSC e os autores, na forma da legislação em vigor.

16. Os originais inscritos no Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 não serão devolvidos.

17. Os casos omissos serão resolvidos em conjunto pela comissão ad hoc do Concurso Rogério Sganzerla EdUFSC 2011/2012 e pelo Conselho Editorial da EdUFSC.

Fonte: Editora UFSC

IX Concurso Internacional de Ensayo Pensar

O concurso de Ensaio “Pensar a Contracorriente” tem como objetivo reconhecer e difundir o pensamento crítico sobre os problemas e desafios do mundo contemporâneo, a partir de uma ampla perspectiva antiimperialista e solidária.

1. Poderão participar autores de qualquer país com um ensaio inédito, redigido em espanhol, português, inglês ou francês (ou traduzido a alguma destas línguas), que não deve estar comprometido para a sua publicação nem ter obtido prémios noutros concursos.

2. O ensaio não deve ter menos de 20 laudas nem ultrapassar as 40. Uma lauda pautada está composta por 1800 caracteres (30 linhas de 60 caracteres cada uma) para um total admissível de 36 000 – 72 000 caracteres.

3. Não será aceito mais de um trabalho por autor.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

4. O ensaio deverá enviar-se antes do dia 15 de janeiro 2012 em arquivo adjunto (com qualquer extensão do documento para PC: preferentemente. rtf, também doc. ou ficheiros de formatos abertos, como .odt), só numa cópia e só numa mensagem, devidamente identificada com o nome e endereço do autor, bem como uma breve síntese de seu Curriculum Vitae, a este endereço electrónico: contracorriente@cubarte.cult.cu. O autor deve receber a confirmação por parte do Escritório do concurso, caso seu trabalho for recebido ou não, para considerar notificada a participação de seu texto no certame.

5. Um júri internacional outorgará um prémio consistente em 1000 Euros. Se outorgarão também as menções que o júri achar pertinente, sem que isto implique nenhuma retribuição monetária.

6. Publicar-se-á um Livro consistindo no ensaio premiado juntamente com uma selecção dos ensaios enviados. O Instituto Cubano do Livro reserva-se o direito da primeira edição dos textos participantes, reserva essa com um ano de validade, contado a partir do fechamento da convocatória.

7. O falho do Júri será inapelável e se conhecerá em Havana, no mês de fevereiro de 2012, no seio da Féria Internacional do Livro de Cuba.

8. A participação no concurso implica a aceitação destas bases.

Fonte: CENTRO DE ESTUDIOS LATINOAMERICANOS “JUSTO AROSEMENA”

Premio Literário Aldónio Gomes 2012

Departamento de Línguas e Culturas e Reitoria da Universidade de Aveiro .

Com o intuito de desenvolver o gosto pela leitura e pela escrita, a Universidade de Aveiro, através do seu Departamento de Línguas e Culturas, em parceria com a Reitoria, decidiu instituir em 2011, sob proposta da aluna Célia Alves Resende de Bastos, um Prémio Literário, que viria a receber o nome de Aldónio Gomes, com o intuito de honrar a memória deste insigne pedagogo e grande estudioso e divulgador da língua portuguesa e das Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, cujo espólio foi doado a esta Universidade
(ver nota biográfica em www.ua.pt/dlc).

REGULAMENTO

Artigo 1.º

Instituição, finalidade e âmbito

1. Este regulamento define as normas que regem o concurso PRÉMIO LITERÁRIO ALDÓNIO GOMES, instituído pela Universidade de Aveiro, através do seu Departamento de Línguas e Culturas, em parceria com a Reitoria, que tem como objetivos estimular a criação literária e a revelação de novos autores.

2. O resultado do concurso é divulgado anualmente, no dia 21 de março, e destina‐se a galardoar um inédito de autor português ou de país de língua oficial portuguesa, nas categorias de romance, novela, conto, poesia, teatro ou ensaio.

Siga @benfazeja mantenha-se atualizado!

Artigo 2.º

Natureza do Prémio

1. O prémio consiste na edição da obra e na doação de 20% de exemplares ao autor, não havendo lugar ao pagamento de direitos de autor, cuja tiragem, até 500 exemplares, é da responsabilidade das entidades proponentes.

2. A Universidade de Aveiro reserva‐se o direito de proceder à reedição da obra, segundo o regime previsto no número anterior, ou de autorizar a referida reedição em termos a acordar com o autor.

3. O lançamento da obra é feito em cerimónia pública, no dia 15 de dezembro, dia do aniversário da Universidade de Aveiro.

Acesse outros concursos

Artigo 3.º

Júri do concurso

1. O júri do concurso, presidido pelo Diretor do Departamento de Línguas e Culturas ou por um representante por ele designado, é ainda composto por cinco individualidades de reconhecida idoneidade e prestígio:

a) duas indicadas pelo Departamento de Línguas e Culturas;
b) duas indicadas pela Reitoria da Universidade de Aveiro;
c) uma indicada pela Câmara Municipal de Aveiro.

2. Não podem integrar o júri quaisquer intervenientes, diretos ou indiretos, nas obras a concurso.

3. As deliberações do júri são tomadas por maioria, tendo o Presidente voto de qualidade em caso de empate.

4. Da decisão final do júri não cabe recurso.

5. O júri deve apresentar um texto crítico da obra premiada para ser lido publicamente nas sessões de divulgação e de entrega do Prémio.

Artigo 4.º

Concurso

1. O concurso para atribuição do PRÉMIO LITERÁRIO ALDÓNIO GOMES é publicitado na imprensa e na página da Internet do Departamento de Línguas e Culturas (www.ua.pt/dlc).

2. São admitidas exclusivamente obras inéditas escritas em português, de autores portugueses ou de países de língua oficial portuguesa.

3. Da obra inédita a concurso, deve o autor entregar cinco exemplares, sujeitos às seguintes regras:
a) Texto impresso de um só lado, em formato A4, paginado e escrito a espaço 1,5, letra tipo Times New Roman, tamanho 12;
b) Páginas devidamente agrupadas e agrafadas ou presas por qualquer outro sistema;
c) Capa com o título da obra e o pseudónimo do seu autor.

4. Cada concorrente poderá apresentar mais do que um trabalho, desde que os envie separadamente e com pseudónimos diferentes.Artigo

5.º
Candidatura e prazo de entrega

1. A data limite para apresentação dos originais é o dia 31 de janeiro do ano em que decorre o concurso.

2. As obras a concurso podem ser enviadas por correio, registado e com aviso de receção, ou entregues em mão na Secretaria do Departamento de Línguas e Culturas, em envelope

fechado, com o seguinte endereço:
“Prémio Literário Aldónio Gomes”
Departamento de Línguas e Culturas da Universidade de Aveiro
Campus Universitário de Santiago
Universidade de Aveiro
3810‐193 AVEIRO

3. No envelope referido no número anterior deve estar um outro envelope lacrado, com o pseudónimo não conhecido escrito no exterior, e, no interior, a identificação do autor, o telefone, a morada e o endereço de correio eletrónico.

Artigo 6.º

Apuramento e classificação

1. O júri disporá de quarenta dias para proceder à apreciação e classificação das obras presentes a concurso.

2. Não há lugar a prémios ex aequo, reservando‐se o júri o direito de não atribuir o Prémio se considerar que nenhuma obra o justifica.

3. Tomada a decisão, o júri elabora uma ata final, publicitando o resultado do concurso no dia 21 de março de cada ano.

4. Os exemplares não premiados são entregues aos autores que os reclamem até 31 de maio do ano em que decorre o concurso.

5. Os exemplares que não tenham sido reclamados até ao dia 31 de maio são destruídos no dia 1 de junho do ano em que decorre o concurso.

Artigo 7.º

Informações

Quaisquer pedidos de informação devem ser dirigidos a:
Diretor do Departamento de Línguas e Culturas da Universidade de Aveiro
Campus Universitário de Santiago
Universidade de Aveiro
3810‐193 AVEIRO
Telef.: 00351 234370358
e‐mail: dlc.direccao@ua.pt

Artigo 8.º

Casos omissos
Os casos omissos e as dúvidas de interpretação são resolvidos pelo júri, de cuja decisão não
cabe recurso.

Artigo 9.º

Entrada em vigor
O presente regulamento entra em vigor na data da sua publicitação.

Aveiro, 10 de outubro de 2011

Fonte: Universidade de Aveiro

Concurso Literário Book.it 2012

Concurso voltado originais (romance ou novela, história de vida ou livro de contos) de autores portugueses que nunca foram publicados.

Os trabalhos devem ser enviados em CD-ROM para o endereço da editora (vide edital) até o dia 31 de janeiro, assinados com pseudônimos e acompanhados de ficha de inscrição e fotocópia do bilhete de identidade ou do cartão de cidadão.

O júri escolherá o melhor texto, que será editado e publicado pela book.it tendo o autor ganho de 10% sobre as receitas de venda.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

Resumo (leia ou baixe o edital completo aqui)

Acesse outros concursos

Fonte: Bookit e Bookit (.pdf)

Edital Literário Joaquim Amorás Castro

1. DO OBJETO
1.1 – O I EDITAL LITERÁRIO JOAQUIM AMORÁS CASTRO – 2011 consiste na publicação, após processo seletivo público, de obra inédita em cada um dos seguintes gêneros literários: romance, poesia, conto, literatura infanto- juvenil e ensaio, de autores residentes e domiciliados no Estado do Pará, no mínimo, pelos 2 (dois) anos anteriores a abertura deste concurso;

Curta e mantenha-se atualizado!

1.2 – A obra literária deverá ser, obrigatoriamente, inédita.
1.2.1 – Entende-se por inédita a obra não-editada e não publicada, parcialmente ou em sua totalidade, em antologias, suplementos literários, jornais, revistas, internet ou qualquer outro meio de comunicação;
1.3 – A PREFEITURA DE CASTANHAL, por meio da FUNCAST, financiará as obras vencedoras neste Edital, no que concerne ao projeto gráfico, ilustração, impressão, acabamento, divulgação e coquetel de lançamento, estando os valores desta logística incluídos no montante do prêmio;
1.4 – A tiragem inicial será de 500 (quinhentos) exemplares de cada obra, para cada categoria, cabendo aos autores a cota de 60% da tiragem, de acordo com o orçamento;
1.5 – À FUNCAST caberá os outros 40%, os quais se destinarão à divulgação, intercâmbio cultural do projeto e doação para bibliotecas públicas;
1.6 – Os direitos autorais serão cedidos à FUNCAST, por meio de autorização, para efeito do produto deste prêmio;
1.7 – A reedição da obra pela FUNCAST não necessitará de autorização dos autores; respeitando-se o percentual de 50% da nova tiragem para o autor a titulo de remuneração do direito autoral.

2. DA PARTICIPAÇÃO
2.1 – O I Edital Literário Joaquim Amorás Castro é aberto a paraenses, maiores de 18 anos, domiciliados no estado há no mínimo 02 anos anteriores a abertura deste concurso;
2.2 – É vedada a participação dos servidores da FUNCAST e membros da comissão julgadora, bem como de cônjuges e parentes até o segundo grau dos acima mencionados;

3. DAS INSCRIÇÕES
3.1 – As inscrições serão gratuitas e estarão abertas no período de 05/12/11 a 10/02/12 contados a partir da publicação deste edital, de segunda a sexta, exceto feriados e pontos facultativos, no horário das 08h00 às 18h00, na FUNCAST;
3.2 – As inscrições devem obedecer às condições exigidas aos participantes, diretrizes e formas de apresentação dos trabalhos;
3.3 – A inscrição no edital se dará mediante o encaminhamento das obras literárias, que se dará com o seguinte protocolo para:
“I Edital Literário Joaquim Amorás Castro – FUNCAST – Prefeitura Municipal de Castanhal – End.: Rua Senador Lemos, 749, Castanhal-Pará.”
3.4 – O prazo de inscrição e encaminhamento das obras literárias iniciam-se no dia 05/12/11 e encerram-se em 10/02/12;
3.5 – Não serão aceitas inscrições de candidatos que protocolarem as obras literárias fora do prazo estabelecido no item anterior, considerando para tanto a data protocolada junto à FUNCAST;
3.6 – Cada participante só poderá inscrever um único trabalho inédito, por categoria;
3.7 – Será admitida participação em coautoria;
3.8 – A obra deverá ser apresentada em 01 (uma) via original, em língua portuguesa, digitada em uma face de papel tamanho A4, em fonte,Times New Roman, tamanho 12, com espaçamento de 1,5, perfeitamente legível, sem emendas, rasuras, ressalvas ou entrelinhas, com todas as páginas numeradas, bem como apresentada em CD, e não deverá ser identificada com o nome e pseudônimo do autor, apresentando esta, apenas, o título da obra e o gênero.
3.9 – A identificação do autor e pseudônimo, deverão constar apenas na cópia gravada em CD;
3.10 – O original e o CD deverão ser entregues diretamente na FUNCAST em envelope lacrado, assim identificado:
À FUNDAÇÃO CULTURAL DE CASTANHAL
Avenida Senador Lemos, 749- Centro
Castanhal – Pará – CEP______
I EDITAL LITERÁRIO JOAQUIM AMORÁS CASTRO – 2011
TÍTULO DA OBRA
________________________________________
PSEUDÔNIMO DO AUTOR
________________________________________
3.10 – O presente Edital e o modelo de Formulário de Inscrição (Anexo 1) ficarão à disposição dos interessados no endereço e horários descritos no item 3.1, e pelo site www.castanhal.pa.gov.br.

4. DA DOCUMENTAÇÃO
4.1 – No ato da inscrição, o proponente deverá apresentar a obra literária conforme disposto no item 3.9 contendo as seguintes informações:
4.1.1 – Dados cadastrais:
a) Ficha de inscrição devidamente preenchida.
b) Cópia do CPF, RG e do comprovante de residência do proponente;
c) Release do proponente;
e) Orçamento discriminando detalhadamente todos os itens de despesas necessárias à realização do projeto;
f) Uma declaração escrita e assinada pelo proponente, assumindo o compromisso de realizar o projeto;
4.2 – Todo o material enviado para inscrição não será devolvido, passando a fazer parte do acervo da FUNCAST.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

5. DA SELEÇÃO
5.1 – É de inteira responsabilidade da FUNCAST instituir a Comissão de Seleção dos projetos, que por sua vez será composta por 05 (cinco) membros, sendo 04 (quatro) indicados pela FUNCAST e 01 (um) da Academia de Letras de Castanhal (ACL). A mesma, além de soberana, será responsável pela avaliação
dos projetos apresentados, selecionando os que julgarem mais adequados às exigências do edital;
5.2 – As obras literárias serão julgadas com base em critérios de exclusão e de seleção;
5.2.1 – Serão sumariamente eliminadas as obras que não seguirem as especificações técnicas descritas nos itens 3.8 e 3.9;
5.3 – Cada membro da Comissão Avaliadora receberá 01(uma) via da obra, sem a identificação de seu autor, conforme estabelecido no item 3.8 deste edital;
5.4 – A comissão Avaliadora é soberana para decidir sobre quais obras serão contempladas, não cabendo qualquer interferência sobre suas decisões por parte dos concorrentes;
5.5 – A Comissão Avaliadora observará para seleção das propostas os seguintes critérios:
a) obras adequadas à linha editorial em que se enquadra a proposta apresentada;
b) obras adequadas ao presente Edital;
c) a compatibilidade e qualidade da relação entre prazo, recursos e pessoas envolvidas no plano (cronograma de trabalho);
d) contrapartida social;
f) adequação orçamentária ;
5.6 – Após o julgamento dos projetos a FUNCAST deverá notificar os vencedores, que terão o prazo de 05 (cinco) dias úteis, contados após o recebimento da notificação, para se manifestar, por escrito, se aceitam ou desistem da participação no edital, caso contrário os mesmos serão tomados como desistentes;
5.7 – Em caso de desistência, a Comissão de Seleção terá 05 (cinco) dias úteis para escolher novos selecionados, sem prejuízos para os prazos determinados para a contratação dos demais selecionados;
5.6 – A decisão da Comissão julgadora será lavrada em ata, com menção expressa e pré-ordenada dos trabalhos classificados e encaminhada para posterior homologação pelo Superintendente da FUNCAST.

Acesse outros concursos

6. DA PREMIAÇÃO
6.1 – Serão selecionadas e premiadas (06) seis obras.
6.2 – O valor do prêmio para cada obra selecionada será de R$ 5.000,00 (Cinco mil reais);
6.3 – O recebimento do prêmio estipulado no item 6.2 fica condicionado à assinatura do Contrato de cessão de direitos autorais (ANEXO 03).

7. DA CONTRATAÇÃO E DA LIBERAÇÃO DOS RECURSOS
7.1 – O proponente que tiver seu projeto selecionado será notificado pela FUNCAST para que possa viabilizar seu processo de contratação e consequente liberação dos recursos nos termos e valores determinados por este edital;

8. DA EXECUÇÃO DO PROJETO E DA PRESTAÇÃO DE CONTAS
8.1 – O lançamento da obra, feito em meio a coquetel que acontecerá no hall da FUNCAST, com data a combinar, será de total responsabilidade do proponente;
8.2 – O contratado deverá apresentar à FUNCAST no prazo de 20 (vinte) dias a prestação de contas com os respectivos recibos e notas;
8.3 – O não cumprimento do projeto e do que consta nos itens 7.1 tornará inadimplente o proponente;
8.4 – O proponente inadimplente será:
8.4.1 – Obrigado a devolver o total da importância recebida do que consta neste Edital, acrescida da respectiva atualização monetária;
8.5 – O contratado deverá fazer constar em todo seu material de divulgação referente ao projeto aprovado, o apoio institucional da Prefeitura de Castanhal / FUNCAST através dos seguintes informações: Prefeitura de Castanhal (com logomarca) – Fundação Cultural do Município de Castanhal (com logomarca) – Prêmio de Incentivo à Cultura

9 – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
9.1 Após a divulgação do resultado, os autores das obras vencedoras deverão apresentar: 9.1.1 – 01 (uma) cópia da obra em suporte eletrônico exatamente como foi inscrita, não sendo aceita nenhum alteração da versão original, após a inscrição;
9.1.2 – Termo de autorização de cessão de direitos autorais;
9.2 – O projeto deve ser realizado atendendo a todas as características definidas por ocasião da inscrição;
9.3 – Os casos omissos e controversos serão de inteira responsabilidade da FUNCAST, a quem cabe julgá-los.

*

A PREFEITURA DE CASTANHAL, inscrita no CPNJ Nº 05.121.991/001-84 e estabelecida na Avenida Barão do Rio Branco nª 2232; por meio da FUNDAÇÃO CULTURAL DE CASTANHAL – FUNCAST, Lei 8.666/93, torna público que se encontram abertas as inscrições do Concurso para seleção e concessão do I EDITAL LITERÁRIO JOAQUIM AMORÁS CASTRO, incentivo cultural, no âmbito literário do Estado do Pará e que se regerá pelos termos deste Edital, e demais legislação aplicável.

Fonte: Prefeitura de Castanhal (Pará)

8º Prêmio Barco a Vapor

RESULTADO:

VENCEDOR: Marcílio Godoi leva prêmio de literatura infantil e juvenil

1. A participação é aberta a maiores de 18 anos, de todas as nacionalidades, autores de obras literárias para o público infantil e juvenil. É vedada a participação de funcionários do Grupo SM e/ou de seus parentes em primeiro grau.

Curta e mantenha-se atualizado!

2. O prêmio contempla os gêneros romance, novela e narrativa curta (texto único). Obras em verso, peças de teatro e coletâneas de contos não serão aceitos.

3. Os originais deverão ser inéditos e escritos em língua portuguesa. Entende-se por inédito o original não publicado (parcialmente ou em sua totalidade) em antologias, coletâneas, suplementos literários, jornais, revistas, sites etc.

4. O candidato poderá apresentar mais de um original.

Acesse outros concursos

5. Quanto à extensão, os originais deverão enquadrar-se nas séries da coleção Barco a Vapor:

• Série Branca: Leitor iniciante
A partir de 6 anos: entre 8 e 15 laudas*

• Série Azul: Leitor em processo
A partir de 8 anos: entre 16 e 45 laudas*

• Série Laranja: Leitor fluente
A partir de 10 anos: entre 45 e 90 laudas*

• Série Vermelha: Leitor crítico
A partir de 12 anos: entre 70 e 150 laudas*

* Lauda de aproximadamente 1.200 caracteres com espaço.

6. A fim de assegurar o anonimato dos autores durante o julgamento, os originais serão apresentados sob pseudônimo em 4 (quatro) cópias de igual teor. Tais cópias serão acompanhadas de um envelope lacrado, com pseudônimo sobrescrito, dentro do qual serão incluídos os dados pessoais do candidato (nome completo, endereço, telefone, e-mail, RG, profi ssão) para identificação posterior.

7. Os originais devem ser enviados sem ilustração, formatados de acordo com os seguintes critérios:

• Word, fonte Times New Roman, corpo 12, espaçamento duplo, margem de 2,5 cm.
• Páginas numeradas e impressas em papel formato carta ou A4, grampeadas ou encadernadas, com folha de rosto na qual deverão constar o título da obra e o pseudônimo do autor.

Siga @benfazeja
mantenha-se atualizado!

8. Os originais e as cópias deverão ser encaminhados ao seguinte endereço:

Edições SM – Prêmio Barco a Vapor – Rua
Tenente Lycurgo Lopes da Cruz, 55 – Água
Branca – 05036-120 – São Paulo/SP.

O atendimento direto será efetuado no mesmo endereço de segunda a sexta-feira, no seguinte horário: das 9h às 12h e das 14h às 17h.

9. As inscrições ocorrerão de 10/10/2011 a 10/02/2012 (prazo prorrogado). No caso dos originais encaminhados por correio, será considerada a data de postagem.

10. O júri, formado por especialistas em literatura e escritores de reconhecido prestígio, será nomeado pela Fundação SM e mantido em segredo até a divulgação do ganhador.

11. A decisão do júri é irrevogável e será anunciada por ocasião da entrega do 8° Prêmio Barco a Vapor (segundo semestre de 2012), em data oportunamente divulgada por Edições SM.

12. Será outorgado apenas um prêmio, que consistirá na publicação do original na coleção Barco a Vapor, de Edições SM. O vencedor firmará um contrato de edição em comum acordo com a Editora.

13. No ato da assinatura do contrato de edição, o autor receberá R$ 30.000,00 (trinta mil reais) como adiantamento de direitos autorais.

14. A edição do original vencedor obedecerá aos critérios da coleção Barco a Vapor.

15. É facultado ao júri não outorgar o prêmio a nenhum dos candidatos inscritos. Todos os casos não previstos nas normas desta convocatória serão resolvidos diretamente pela Fundação SM.

16. Obras recomendadas pelo júri, ainda que não premiadas, podem eventualmente ser contratadas por Edições SM. Assim, durante o prazo de 3 (três) meses a contar da data de divulgação do vencedor, a Editora poderá entrar em contado com os autores dessas obras para adquirir os direitos de publicação.

17. Os originais e demais documentos entregues à Fundação SM não serão devolvidos.

18. A inscrição no Prêmio Barco a Vapor implica a aceitação expressa das normas aqui expostas.

Organização:
edicoessm@grupo-sm.com

*

Fonte: Edições SM

BACK